ARCO regressa a Madrid com mais mulheres

ARCO é ´a principal feira de arte em Espanha
ARCO é ´a principal feira de arte em Espanha Direitos de autor Bernat Armangue/AP
Direitos de autor Bernat Armangue/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O número de mulheres expostas no maior evento artístico de Espanha tem subido, mas estas continuam a representar menos de metade dos artistas expostos.

PUBLICIDADE

O maior evento artístico de Espanha está de volta, agora com mais mulheres.

Com a abertura da ARCO, a Feira de Arte Contemporânea de Madrid, a acontecer dois dias antes do Dia Internacional da Mulher, a diretora do evento realça a presença de mais artistas femininas, mesmo se continuam a representar menos de metade dos artistas expostos.

"A presença das mulheres melhorou efetivamente no último ano. Um dado muito significativo é que no ano passado a percentagem era de 37% e este ano estamos a chegar aos 43%", nota Maribel López.

Semíramis González, crítica de arte e uma das duas curadoras da edição deste ano, denuncia a desigualdade que tem marcado o mundo da arte, uma realidade que está agora a mudar.

“Acima de tudo, houve uma tendência para a mudança, tanto no mercado da arte como no sistema da arte em geral. Consequentemente, nesta feira, houve um impulso da resposta social e feminista do mundo da arte, das associações, dos próprios artistas e dos curadores. Os profissionais da arte denunciavam que não podia ser que as mulheres representassem 80% dos estudantes de Belas Artes e depois apenas 20% dos artistas expostos na feira de arte mais importante de Espanha", diz.

A ARCO vai já na edição número 43 e tem como tema central, este ano, o Mar das Caraíbas, com obras de mais de 1300 artistas de 36 países.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Arte urbana em Bilbau lembra sofrimento das crianças em Gaza

Doze obras de arte salvas da guerra na Ucrânia, expostas em Berlim

Artes visuais por todo o Qatar, desde murais pintados até ao 5º Festival Internacional de Arte