Temperaturas do Lago Léman sobem para níveis recorde

Lago Léman, também chamado Lago Genebra, é comum a França e à Suíça
Lago Léman, também chamado Lago Genebra, é comum a França e à Suíça Direitos de autor David Azia/AP2011
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A reoxigenação do fundo do lago, que acontecia todos os invernos, não acontece há 12 anos, segundo um estudo da Universidade de Lausanne.

PUBLICIDADE

A temperatura da água do Lago Léman, comum a França e à Suíça, atingiu níveis recorde e está a aumentar rapidamente, de acordo com uma nova investigação da Universidade de Lausanne. A média anual subiu para mais de 13,5 graus.

Os cientistas dizem que um fenómeno sazonal chamado "mistura de inverno", em que as águas superficiais ricas em oxigénio se misturam com as águas profundas, não é observado há mais de uma década.

Explica Marie-Elodie Perga, especialista em estudos lacustres na Universidade de Lausanne: "De um modo geral, a água é bem reoxigenada até uma profundidade de 170 metros, mas a verdadeira questão está abaixo desse nível. Já passaram 12 anos desde a última vez que o fundo do lago foi reoxigenado pela mistura de inverno."

Enquanto os glaciares nos Alpes circundantes estão a derreter a taxas recorde, as temperaturas da água do Lago Léman (também chamado Lago Genebra) estão a subir quatro a cinco vezes mais depressa do que as dos oceanos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fevereiro bate recordes de temperatura pelo nono mês consecutivo

É provável que o El Niño continue a fazer subir as temperaturas até maio, diz a OMM

Neve e frio extremo na Escandinávia: Suécia registou temperatura mais baixa dos últimos 25 anos