Rússia faz primeiro ataque a Kiev em 44 dias

Ataque áereo russo abre uma cratera em Kiev, na Ucrânia.
Ataque áereo russo abre uma cratera em Kiev, na Ucrânia. Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os 32 mísseis lançados esta quinta-feira sobre a capital ucraniana provocaram pelo menos 13 feridos, entre eles uma criança de 11 anos. Na quarta-feira, pelo menos duas pessoas foram mortas na região de Donetsk, quando um ataque aéreo russo atingiu uma residência privada em Maksymivka.

PUBLICIDADE

Pelo menos 13 pessoas ficaram feridas, incluindo uma criança de 11 anos, depois de a Rússia ter bombardeado Kiev esta quinta-feira, no primeiro ataque à capital da Ucrânia em 44 dias.

Quatro dos feridos tiveram de ser hospitalizados.

A força aérea da Ucrânia disse que a Rússia lançou dois mísseis balísticos e 29 mísseis de cruzeiro. Segundo o repórter da Al Jazeera em Kiev, as autoridades ucranianas acreditam que dois seriam mísseis hipersónicos Kinzhal.

A Ucrânia afirma que as defesas aéreas abateram "cerca de três dezenas de mísseis inimigos", mas os fragmentos dos foguetes caíram num jardim de infância no distrito de Sviatoshynskyi, sendo que um edifício de apartamentos e um carro se incendiaram noutras zonas.

O presidente da Câmara de Kiev, Vitali Klitschko, avançou que vários outros edifícios residenciais e instalações industriais foram danificados no ataque, com os alertas aéreos a durarem quase três horas.

79 pessoas foram retiradas de um bloco de apartamentos.

O ataque ocorreu horas depois de uma visita do conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, a Kiev, durante a qual prometeu que o apoio dos Estados Unidos à Ucrânia irá continuar, apesar de uma ajuda crucial estar bloqueada no Congresso americano.

Pelo menos dois mortos em Maksymivka

A Rússia tem intensificado os seus ataques aéreos à Ucrânia nos últimos dias.

Na quarta-feira, pelo menos duas pessoas morreram na região de Donetsk, quando um ataque aéreo russo atingiu uma residência privada em Maksymivka, 50 quilómetros a sudoeste da cidade de Donetsk.

Teme-se que possa haver mais vítimas mortais debaixo dos escombros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia e Ucrânia reportam ataques com drones durante a noite

Rússia lança ataques com drones contra várias regiões da Ucrânia

Ataques russos com drones e mísseis matam cinco civis na Ucrânia