EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Rússia lança ataques com drones contra várias regiões da Ucrânia

Rússia lançou ataques contra várias regiões, na noite de terça para quarta-feira
Rússia lançou ataques contra várias regiões, na noite de terça para quarta-feira Direitos de autor AP/Russian Defense Ministry Press Service
Direitos de autor AP/Russian Defense Ministry Press Service
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na região de Sumy, várias pessoas ficaram feridas. De acordo com as Forças Armadas ucranianas, foram lançados 42 drones, dos quais 38 foram abatidos.

PUBLICIDADE

A Rússia lançou vários ataques com drones contra a Ucrânia, na noite de terça para quarta-feira. Na região de Sumy, várias pessoas ficaram feridas. De acordo com as Forças Armadas ucranianas, foram lançados 42 drones a partir das regiões de Krasnodar e Kursk e da Crimeia anexada, 38 dos quais foram abatidos. Os drones tinham como alvo as regiões de Dnipropetrovsk, Odessa, Kherson, Khmelnitsky, Cherkasy, Kharkiv, Vinnitsa e Sumy.

De acordo com especialistas militares, estes ataques russos em massa têm como objetivo sobrecarregar os sistemas de defesa aérea ucranianos.

Por outro lado, os dirigentes de três regiões russas denunciaram na madrugada de quarta-feira ataques ucranianos com drones. Na região de Kursk, o responsável regional, Roman Starovoit, disse que um drone atingiu um depósito de combustível e lubrificantes.

Como as munições são escassas, os artilheiros ucranianos tentam manter as suas posições.

Esta quarta-feira, o ministro britânico dos Negócios Estrangeiros, David Cameron, disse que o Reino Unido está pronto a emprestar à Ucrânia todos os ativos do banco central russo congelados no Reino Unido, na condição de Moscovo ser forçado a pagar reparações à Ucrânia no final da guerra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia faz primeiro ataque a Kiev em 44 dias

Papa Francisco: Ucrânia deve ter a coragem de acenar com a 'bandeira branca'

Pelo menos oito mortos após incêndio em edifício de escritórios nos arredores de Moscovo