EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Partido dos Finlandeses expulsa deputado por alegado envolvimento num tiroteio

Partido dos Filandeses expulsa deputado por alegado envolvimento num tiroteio
Partido dos Filandeses expulsa deputado por alegado envolvimento num tiroteio Direitos de autor FIYLE
Direitos de autor FIYLE
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Timo Vornanen foi expulso do Partido dos Finlandeses pelo seu alegado envolvimento num tiroteio à porta de um bar de karaoke. O partido liderado por Riikka Purra descreveu o comportamento de Vornanen como “inaceitável”.

PUBLICIDADE

O deputado finlandês Timo Vornanen foi expulso do seu grupo parlamentar depois de ter sido aberta uma investigação policial pelo seu alegado envolvimento num tiroteio à porta de um bar de karaoke no centro de Helsínquia, na semana passada.

A polícia local abriu um inquérito sobre o incidente, acusando-o de ter causado um grave perigo para a vida ou a saúde de outra pessoa, de ter ameaçado ilegalmente outra pessoa e de ter cometido um crime com armas de fogo.

O partido dos Finlandeses tomou, assim, a decisão de dispensar Timo Vornanen após uma reunião da direção do partido na quinta-feira à noite. "A confiança é essencial na política, ou se tem ou não se tem. Foi assim que chegámos a esta decisão", disse o presidente do grupo parlamentar, Jani Mäkelä, durante uma conferência de imprensa na quinta-feira, acrescentando que “O comportamento de Timo Vornanen não pode ser defendido ou considerado aceitável”.

A líder do Partido dos Finlandeses, Riikka Purra, afirmou, de acordo com as agências internacionais, que o partido vai discutir a possível adesão de Vornanen numa data posterior.

Vários políticos proeminentes do Partido dos Finlandeses utilizaram os seus discursos do 1º de Maio para criticar o comportamento de Vornanen, tendo a ministra do Interior Mari Rantanen descrito as suas ações como “idiotas”.

Imediatamente após a conferência de imprensa dos líderes partidários, Vornanen emitiu a sua própria declaração, na qual pedia desculpa ao Partido dos Finlandeses, aos deputados e a toda a instituição parlamentar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eurodeputados criticam PM da Finlândida por aliança com extrema-direita

Finlandeses votam em novo presidente que irá orientar a política externa

Começou a votação antecipada nas presidenciais finlandesas