EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Eleições presidenciais vão ter segunda volta na Lituânia mas Nauseda deve conseguir segundo mandato

Presidente da Lituânia, Gitanas Nauseda
Presidente da Lituânia, Gitanas Nauseda Direitos de autor Mindaugas Kulbis/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Mindaugas Kulbis/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Com cerca de 45% dos votos, atual presidente da Lituânia, Gitanas Nauseda, falhou por pouco reeleição na primeira volta e está a caminho de obter um segundo mandato como chefe de Estado.

PUBLICIDADE

O presidente da Lituânia está bem lançado para conquistar um segundo mandato de cinco anos como chefe de Estado.

Gitanas Nauseda obteve cerca de 44% dos votos e falhou por pouco a reeleição logo à primeira volta, tal como indicavam as sondagens.  

Numa reedição das eleições de 2019, Nauseda vai enfrentar, na segunda volta, a primeira-ministra Ingrida Simonyte.

Simonyte obteve 20% dos votos e foi apoiada por apenas um dos seis candidatos derrotados.

A taxa de participação foi a mais elevada desde 1997, tendo superado os 59%.

Nauseda defende o Estado social, enquanto Simonyte é mais conservadora em termos fiscais.

O apoio à Ucrânia e o reforço das despesas com a defesa são dois raros pontos de acordo nesta batalha política.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Gitanas Nausèda favorito para conseguir mais um mandato na Lituânia

Lituânia culpa Rússia pelo ataque ao aliado de Navalny em Vilnius

Lituânia fecha mais pontos de fronteira com a Bielorrússia, restam apenas dois