EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Cheias na Alemanha: quatro mortos, vários desaparecidos e milhares retirados de casa

Cheias no sul da Alemanha
Cheias no sul da Alemanha Direitos de autor CZCT
Direitos de autor CZCT
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As cheias no sul da Alemanha já fizeram quatro mortos, três deles encontrados em caves inundadas. No domingo, um bombeiro tinha morrido quando tentava salvar habitantes soterrados. Em Itália, duas mulheres morreram depois de terem sido arrastadas pela corrente de um rio perto de Udine.

PUBLICIDADE

Pelo menos quatro pessoas morreram e milhares tiveram de sair das próprias casas após as chuvas torrenciais do fim de semana terem provocado inundações no sul da Alemanha, em particular nos estados de Baden-Württemberg e da Baviera. Haverá ainda várias pessoas desaparecidas.

Entre as vítimas mortais contam-se três pessoas encontradas em caves inundadas, duas delas em Schorndorf, no estado de Baden-Württemberg, e uma em Schrobenhausen, no estado da Baviera. No domingo, um bombeiro morreu quando tentava salvar habitantes soterrados, perto de Pfaffenhofen an der Ilm, também na Baviera.

Devido à subida do nível do rio Danúbio, que atingiu quase os seis metros, a cidade de Regensburg, na Baviera, com uma população de 150 mil habitantes, declarou o estado de emergência.

Numa visita a Reichertshofen, na zona afetada pelas cheias a norte de Munique, o chanceler alemão Olaf Scholz afirmou que estas inundações já não são um “caso único”.

“Isto é uma indicação de que algo está a acontecer aqui. Não podemos descurar a tarefa de travar as alterações climáticas provocadas pelo homem", afirmou Scholz.

O primeiro-ministro do estado da Baviera, Markus Söeder, que acompanhou Scholz na visita, afirmou que não existe um “seguro total” contra as alterações climáticas.

“Estão a acontecer aqui coisas que nunca aconteceram antes”, declarou Söeder.

Cerca de 20 mil pessoas estão envolvidas em operações de salvamento em todo o estado da Baviera.

O serviço meteorológico alemão alertou para a possibilidade de mais chuvas fortes nas regiões sul e leste do país.

Dois mortos em Itália

Os corpos de duas mulheres foram encontrados no domingo nas margens do rio Natisone, perto de Udine, no nordeste de Itália. Decorrem nesta altura buscas com recurso a mergulhadores, drones e helicópteros para encontrar um amigo das duas mulheres.

Os três tinham decidido caminhar ao longo do rio Natisone na sexta-feira, tendo sido arrastados pelas correntes quando a água atingiu níveis perigosos após dias de chuva intensa.

Suíça em alerta

O Reno, entre a foz do rio Aare e Basileia, continua no nível de alerta 3 de 5, tal como o lago Constança.

A água dos rios está a galgar as margens em vários locais e, segundo as autoridades, deverá continuar a subir até meados da semana, podendo mesmo atingir o nível de perigo 4.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cheias no sul da Alemanha fazem dois mortos. Situação permanece crítica, diz governador da Baviera

Cheias na Baviera fazem um morto e obrigam à retirada da população

Centro da Grécia demora a recuperar das cheias