EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

FMI promete estatuto de reserva para a moeda chinesa

FMI promete estatuto de reserva para a moeda chinesa
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Pode estar para breve a entrada do yuan no cabaz de divisas do FMI, o que permitiria à moeda chinesa ganhar peso nos mercados cambiais. Esta

PUBLICIDADE

Pode estar para breve a entrada do yuan no cabaz de divisas do FMI, o que permitiria à moeda chinesa ganhar peso nos mercados cambiais.

Esta possibilidade foi comunicada a Pequim por representantes do FMI.

Em 2010 os membros da Comissão Executiva do FMI rejeitaram a introdução da divisa chinesa no cabaz, uma decisão que é cada cinco anos revista pelo Fundo.

O FMI anunciou que até setembro de 2016 vai decidir sobre eventuais mudanças na composição do seu cabaz, constituído atualmente por quatro divisas – dólar, euro, libra e iene.

Um relatório de agosto do Fundo informava que o yuan “é a única moeda, actualmente fora do cabaz de (Direito de Saque Especial – SDR, na sigla inglesa), que cumpre o critério de exportação”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

BCE mantém as taxas de juro inalteradas, uma vez que o controlo da inflação continua a ser fundamental

O sentimento económico da Alemanha desce mais do que o esperado: A recuperação está em risco?

A reeleição de Trump poderá afetar a economia europeia em 150 mil milhões de euros