Seul: Buscas na sede da Volkswagen

Seul: Buscas na sede da Volkswagen
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Procuradores sul-coreanos realizaram esta sexta-feira buscas na sede da Volkswagen e da Audi em Seul, no quadro das investigações sobre o escândalo

PUBLICIDADE

Procuradores sul-coreanos realizaram esta sexta-feira buscas na sede da Volkswagen e da Audi em Seul, no quadro das investigações sobre o escândalo dos veículos equipados com motores modificados.

A equipa de procuradores confiscou discos duros e vários documentos.

Foram igualmente realizadas buscas noutras instalações da Volkswagen na capital sul-coreana e nos domicílios de alguns reponsáveis pelo controlo de qualidade.

Em novembro, o governo sul-coreano exigiu à Volkswagen que retirasse do mercado 125.500 veículos a gasóleo vendidos no mercado nacional e impôs ao construtor alemão uma multa de 11,5 milhões de euros.

No fim do mês passado Seul decidiu apresentar uma queixa criminal contra um executivo de topo da Volkswagen, Johannes Thammer, diretor da Audi Volkswagen Korea, considerando que o grupo nâo estava a retirar do mercado os veículos equipados com motores falsificados, o segundo processo no espaço de uma semana relacionado com o escândalo da manipulação de dados sobre emissões de poluentes.

O Ministério do Ambiente pediu ao Ministério Público que investigue Terence Bryce Johnsson – responsável pelas vendas internacionais da Audi, do grupo Volkswagen — por ter comercializado veículos que violam as regulamentações ambientais do país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Diretora financeira da Huawei detida no Canadá

Guerra aberta entre Bombardier e Boeing

Ryanair cancela mais voos a partir de novembro