OPEP não deverá cortar produção em junho

OPEP não deverá cortar produção em junho
Direitos de autor 
De  Patricia Cardoso com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A estratégia da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) não deverá mudar em breve. É o que pensam fontes e delegados da OPEP.

PUBLICIDADE

A estratégia da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) não deverá mudar em breve. É o que pensam fontes e delegados da OPEP.

OPEC watching Iran, Russia, unlikely to cut output in June: https://t.co/6JsEOyEoVypic.twitter.com/X9cNt3H2sd

— Reuters Top News (@Reuters) 1 de março de 2016

Na reunião de junho não deverá, por isso, haver um corte na produção, apesar dos preços do petróleo estarem a recuar há 18 meses e estarem em mínimos de 2003.

As fontes evocadas pela agência Reuters estimam que, antes de agirem, os países membros da OPEP querem testar o compromisso assumido pela Rússia, país fora da organização, e o ver qual é a verdadeira produção do Irão, após o fim das sanções.

Teerão informou a OPEP que, em janeiro, produziu 3,4 milhões de barris por dia, o que é superior ao estimado pelos observadores da organização.

No mês passado, Rússia, Arábia Saudita, Qatar e Venezuela acordaram manter a produção nos níveis de janeiro. É o primeiro acordo petrolífero em 15 anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Relatório revela que mercado alemão continua a ser o que enfrenta mais dificuldades na Europa

Imposto sobre as sucessões na Europa: como variam as regras, as taxas e as receitas?

Como é que o ataque do Irão a Israel poderá ter impacto nas mercadorias?