Microsoft lança parceria com indústria da canábis

Microsoft lança parceria com indústria da canábis
De  Patricia Cardoso com AFP, ANSA
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

É uma parceria inédita.

PUBLICIDADE

É uma parceria inédita. A Microsoft vai aliar-se à Kind Financial, para traçar todo o processo de comercialização de canábis.

A start-up californiana existe há três anos e a sua tecnologia é já usada pelas autoridades locais e organismos de regulamentação para vigiar a legalidade das vendas de marijuana. Agora a start-up vai poder trabalhar usando o “cloud” de informações da Microsoft.

Microsoft dá uma ajuda ao negócio da marijuana https://t.co/5HLliX3jZO

— Público (@Publico) 17 de junho de 2016

Surprise! The first big company brave enough to serve the cannabis industry is…Microsoft. MindaZetlin</a> <a href="https://t.co/jcMzTyo0D0">https://t.co/jcMzTyo0D0</a></p>&mdash; Inc. (Inc) 17 de junho de 2016

Até agora as grandes empresas mantinham-se afastadas do negócio da canábis.

A substância é ilegal a nível federal nos Estados Unidos, mas diversos Estados norte-americanos permitem o uso em certas condições e há quatro que legalizaram o uso pessoal da canábis.

12 states could legalize this November https://t.co/RrN0XuW6DY#marijuana#cannabis#potpic.twitter.com/p1vMg4FBVk

— CannaSOS (@CannaSOS) 6 de junho de 2016

As vendas legais de canábis dispararam. Em 2015 ascendiam a 5,4 mil milhões de dólares, uma subida de 17,4% face a 2014, segundo o grupo ArcView.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Diretora financeira da Huawei detida no Canadá

Guerra aberta entre Bombardier e Boeing

Ryanair cancela mais voos a partir de novembro