EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Secretário do Tesouro norte-americano foca-se no "Brexit" sem esquecer tragédia grega

Secretário do Tesouro norte-americano foca-se no "Brexit" sem esquecer tragédia grega
Direitos de autor 
De  Francisco Marques
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O secretário de Estado do Tesouro norte-americano fechou em Atenas uma minidigressão europeia em que o foco foi precaver eventuais impactos económicos globais da saída do Reino Unido da união europeia

PUBLICIDADE

O secretário de Estado do Tesouro norte-americano fechou em Atenas uma minidigressão europeia em que o foco foi precaver eventuais impactos económicos globais da saída do Reino Unido da união europeia decidida a 22 de junho no famoso referendo do “Bexit”.

Jack Lew foi também questionado pela situação económica da Grécia, a braços ainda com a liquidação de um resgate internacional e a tentar reunir apoio para uma reestruturação da dívida, mas Atenas apenas obteve uma mensagem de esperança e confiança.

U.S. Treasury Secretary Jacob Lew meeting w PM Tsipras in #Greece to discuss progress on reforms and debt relief pic.twitter.com/4SJSw1Cs5k

— U.S. Embassy Athens (@USEmbassyAthens) 21 de julho de 2016

Com escalas também em Londres, Paris e Bruxelas, o secretário do Tesouro norte-americano cumpriu uma promessa do Presidente Barack Obama e passou cerca 7 horas na capital grega antes de seguir viagem para a cimeira do G-20, na China. O impacto do “Brexit” era o principal tema em agenda.

“Os Estados Unidos mantêm-se a trabalhar com os parceiros britânicos e europeus nas negociações de transição (saída) para garantir a estabilidade económica e permitir o avanço do crescimento e prosperidade económicos na Europa e por todo o mundo. Um acordo entre Reino Unido e União Europeia que permita uma forte relação entre ambos é do interesse da Europa, dos Estados Unidos e da economia global”, afirmou o responsável norte-americano.

.USTreasury</a>: Esta semana: Secretário Lew viaja p/ Atenas, Grécia p/ reuniões c/ homólogos e Chengdu, China p/ <a href="https://twitter.com/hashtag/G20?src=hash">#G20</a>. <a href="https://t.co/lUXFxunbDh">pic.twitter.com/lUXFxunbDh</a></p>&mdash; USA em Português (USAemPortugues) 18 de julho de 2016

Sobre a situação económica da Grécia, Jack Lew aconselhou o primeiro-ministro helénico, Alexis Tsipras, a não deitar a perder todos os esforços já efetuados pelos gregos. “O facto de estarmos sentados aqui, agora, em julho, e o mundo não estar preocupado com uma eventual crise na Grécia, é bom, mas não significa que os problemas estejam resolvidos. É nisso, parece-me, que as conversas nos próximos meses se devem focar”, limitou-se a dizer Jack Lew.

“Greece has made significant progress in mtg important reform commitments, which has helped stabilize the economy.” pic.twitter.com/FFynigHBm7

— Treasury Department (@USTreasury) 21 de julho de 2016

to support the economy and to reinforce Greece's role as a pillar of stability in a fragile surrounding region.https://t.co/OEUkveGR5Y (2/2)

— Alexis Tsipras (@tsipras_eu) 21 de julho de 2016

O foco das preocupações dos Estados Unidos pode estar no impacto global da saída do Reino Unido da União Europeia, mas na Grécia as prioridades são outras, como conclui a nossa correspondente em Atenas, Symela Touchtidou: “A visita a Atenas do secretário do Tesouro norte-americano foi tudo menos cerimonial. Com a Turquia em turbulência política nas fronteiras a leste e a Itália à beira de uma crise bancária a ocidente, à Grécia pede-se que seja um pilar de estabilidade política e económica na região.”

Sec. Lew touring the Ancient Agora w/ U.S. Ambassador to Greece daviddpearce</a> and a tour guide in Athens on July 20. <a href="https://t.co/dUFrB08dbX">pic.twitter.com/dUFrB08dbX</a></p>&mdash; Treasury Department (USTreasury) 21 de julho de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

BCE mantém as taxas de juro inalteradas, uma vez que o controlo da inflação continua a ser fundamental

O sentimento económico da Alemanha desce mais do que o esperado: A recuperação está em risco?

A reeleição de Trump poderá afetar a economia europeia em 150 mil milhões de euros