EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Banco Mundial: Desigualdades ameaçam erradicação da pobreza extrema

Banco Mundial: Desigualdades ameaçam erradicação da pobreza extrema
Direitos de autor 
De  Patricia Cardoso com AFP, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Para erradicar a pobreza extrema até 2030 são necessárias medidas que combatam as desigualdades económicas.

PUBLICIDADE

Para erradicar a pobreza extrema até 2030 são necessárias medidas que combatam as desigualdades económicas. O alerta é do Banco Mundial.

Segundo o relatório da organização, em 2013 (últimos dados disponíveis), havia quase 770 milhões de pessoas a viveram com menos de 1,90 dólares. Metade delas na África subsaariana.

Face a 2012, saíram da pobreza extrema cerca de 100 milhões de pessoas, e isto apesar do fraco desempenho da economia mundial.

No entanto, entre 2008 e 2013, o fosso entre ricos e pobres aumentou fortemente nos 84 países abrangidos pelo relatório. Segundo o Banco Mundial, “para acabar com a pobreza é necessário que o crescimento económico beneficie também os mais pobres”.

Para tal, o Banco Mundial pede aos países que promovam, por exemplo, políticas ligadas à infância e garantam sistemas universais de saúde.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O que está em alta e o que não está para as viagens e o turismo este ano?

Comissário europeu para a Economia sem arrependimentos apesar da reação negativa ao Pacto Ecológico

Comissão Europeia prevê descida da inflação apesar do aumento do preço do petróleo