EUA: Emprego cresce menos do que o esperado

EUA: Emprego cresce menos do que o esperado
De  Euronews com Lusa, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A criação de emprego nos Estados Unidos abrandou em setembro e a taxa de desemprego subiu de 4,9% para 5%, indicou o Departamento do Trabalho esta sexta-feira.

PUBLICIDADE

A criação de emprego nos Estados Unidos abrandou em setembro e a taxa de desemprego subiu de 4,9% para 5%, indicou o Departamento do Trabalho esta sexta-feira. A economia norte-americana criou 156 mil empregos no mês passado, depois dos 167 mil criados em agosto, um número agora revisto em alta. As previsões apontavam para 176 mil novos postos de trabalho em setembro e para a continuação da taxa de desemprego em 4,9%.

Este foi o último relatório do Departamento do Trabalho antes da próxima reunião de política monetária da Reserva Federal americana (Fed), nos dias 1 e 2 de novembro. A Fed não deverá efetuar qualquer alteração nas taxas diretoras devido à proximidade com as eleições presidenciais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataques ucranianos às refinarias de petróleo russas: qual é o impacto?

Onde é que na Europa existe maior desigualdade de riqueza?

Institutos alemães baixam para 0,1% perspetiva de crescimento do PIB deste ano