Tirar o centro financeiro da Europa de Londres "pode demorar décadas"

Tirar o centro financeiro da Europa de Londres "pode demorar décadas"
De  Oleksandra Vakulina
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Kenneth Rogoff, antigo economista-chefe do Fundo Monetário Internacional, critica a forma como Bruxelas está a conduzir o Brexit

PUBLICIDADE

"A Europa está a ser muito dura com o Reino Unido", quem o diz é Kenneth Rogoff, antigo economista-chefe do Fundo Monetário Internacional. Entrevistado em Davos pela Euronews, Rogoff critica a forma como Bruxelas está a conduzir o Brexit. "Esta ideia que o sector financeiro vai mudar para Frankfurt e Paris é de doidos! Não vai acontecer. Isso pode demorar décadas", diz o professor de Economia de Harvard.

Numa análise ao futuro imediato das relações comerciais entre a União Europeia e o Reino Unido, Rogoff prevê que "a produtividade vai sofrer um choque na Europa" e alerta para a necessidade de resolver com cuidados redobrados o chamado "divórcio entre o setor financeiro e Londres".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy em Davos: Putin é um "predador" e não se contenta com conflitos "congelados"

Macron condena violência e reitera que não vai ceder

Gabriela Bucher: "Não podemos ter pessoas a morrer de fome no século XXI"