Crescimento da economia mundial deixa FMI pessimista

Crescimento da economia mundial deixa FMI pessimista
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Fundo Monetário Internacional estima que, este ano, a economia mundial sofra o crescimento mais baixo desde a recessão global.

PUBLICIDADE

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aponta para um crescimento de 1,6% da zona Euro, em 2020, depois de, em 2019, ter um crescimento estimado em 1,3%. Uma evolução impulsionada pela retoma da economia alemã que, no próximo ano, deverá crescer 1,7%.

As previsões são, contudo, mais pessimistas para a economia mundial, ao registar o crescimento mais fraco da década, 3,2%, este ano, e 3,5% para 2020, resultados uma décima percentual abaixo do previsto..

O FMI cortou pela quarta vez, em ano e meio, a previsão de crescimento da economia mundial para 2019.

Os valores não eram tão baixos desde a recessão global e a culpa, diz a organização internacional, é das incertezas e tensões comerciais e tecnológicas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Economia alemã recua 0,1% devido à tensão comercial mundial

Crescimento também acarreta riscos, diz economista-chefe do FMI

Mercedes-Benz recolhe 250 000 veículos devido a risco de incêndio