EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Atividade das empresas da zona euro em mínimos históricos

Atividade das empresas da zona euro em mínimos históricos
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O índice PMI, da atividade dos gestores de compras da zona euro, caiu para o nível mais baixo de sempre, com a Europa a preparar-se para uma recessão quase sem precedentes.

PUBLICIDADE

O índice PMI, que mede a atividade das empresas com base nos dados dos gestores de compras teve este mês a queda mais acentuada de sempre na zona euro, com a economia europeia a entrar em recessão por culpa da crise gerada pela epidemia de Covid 19.

O instituto IHS Markit, que calcula este índice, prevê que a economia da zona euro possa encolher 7,5% neste trimestre.

O PMI do grupo de países atingiu um mínimo histórico de 13,5 em abril - menos de metade do recorde anterior, que tinha sido registado em março e que foi de 29,7. Qualquer valor abaixo dos 50 pontos indica uma contração.

Os setores da hotelaria, restauração, viagens e turismo registaram as maiores quedas, já que um grande número destas empresas ou encerraram ou praticamente não estão a operar, devido às medidas de confinamento ditadas pelos vários governos.

As quebras na atividade empresarial e no emprego são as maiores alguma vez registadas num mês de abril. A crise afeta também a indústria.

Muitos fabricantes referiram uma redução drástica na procura ou, escassez de pessoal e de matérias-primas. Os atrasos na cadeia de abastecimento foram os mais altos alguma vez registados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Europa retoma atividade económica com novas regras

Start-up alemã aposta na desinfeção contra coronavírus

Políticos da crise financeira grega alertam União Europeia