EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Trabalhadores de entregas ao domicílio protegidos em Espanha

Trabalhadores de entregas ao domicílio protegidos em Espanha
Direitos de autor Paul White/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Paul White/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nova lei para colocar fim à precariedade nas plataformas digitais.

PUBLICIDADE

Acordo em Espanha a favor dos trabalhadores de entregas ao domicílio que trabalham para plataformas digitais, como a Deliveroo ou a UberEats. Tanto os sindicatos como os empregadores deram luz verde à iniciativa do governo espanhol que vai introduzir uma “presunção de estatuto de assalariado” no Código do Trabalho.

Segundo o anúncio da ministra do Trabalho de Espanha, estes funcionários vão poder usufruir de todas as proteções decorrentes deste estatuto. Yolanda Diaz sublinhou que Espanha é o primeiro país da União Europeia a promover uma lei para colocar fim à precariedade no setor

O número trabalhadores de entregas ao domicílio também conhecidos como estafetas explodiu nos últimos anos. Costumam trabalhar de bicicleta ou de mota e há muito que denunciam as condições de trabalho. A lei vai passar pela aprovação no Conselho de Ministros e espera-se que entre em vigor em breve.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Elon Musk obtém apoio dos acionistas para um pacote salarial de 52 mil milhões de euros

China já reagiu a decisão de União Europeia sobre tarifas nos carros elétricos

Eleições europeias: será que a onda de extrema-direita vai pressionar o sector das energias renováveis?