Agricultores neerlandeses em pé de guerra com o governo

Agricultores neerlandeses em pé de guerra com o governo
Direitos de autor Peter Dejong/AP2010
Direitos de autor Peter Dejong/AP2010
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Executivo dos Países Baixos tem plano de 25 mil milhões de euros para reduzir em 30% o número de cabeças de gado no país

PUBLICIDADE

Os agricultores dos Países Baixos estão em pé de guerra com o governo depois de a coligação no poder ter anunciado um investimento de 25 mil milhões de euros até 2035 para reduzir em um terço o número de cabeças de gado.

O objetivo do executivo passa por reduzir as emissões de azoto, um gás com efeito de estufa, proveniente maioritariamente dos fertilizantes e do estrume.

Os Países Baixos são o segundo maior exportador agrícola do planeta, atrás apenas dos Estados Unidos, e contam com mais de 100 milhões de cabeças de gado no pequeno território. Um número que contrasta com uma população de 17,4 milhões de pessoas.

Os agricultores terão de escolher entre adaptar-se aos novos termos ou mudar de emprego. É o caso de Corné de Rooij, um agricultor neerlandês que admite recear pelo futuro e que considera que os políticos deviam parar para "pensar com clareza qual o caminho que querem seguir, uma vez que estão num país pequeno e não podem querer tudo".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Qual é o nível de literacia financeira dos europeus? Não é alto - mas quem sabe mais?

Parlamento Europeu aprova novas regras orçamentais da UE face ao receio do regresso à austeridade

Europeus com baixos rendimentos enfrentam dificuldades com o custo da habitação