EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

De triplo A para AA+: Fitch corta “rating” dos EUA

Mudança provocou ondas de choque no mundo financeiro.
Mudança provocou ondas de choque no mundo financeiro. Direitos de autor Henny Ray Abrams/AP2011
Direitos de autor Henny Ray Abrams/AP2011
De  Euronews com Lusa
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Casa Branca desaprovou alteração. Secretária do Tesouro dos EUA fala em decisão “arbitrária."

PUBLICIDADE

De triplo A, o nível máximo, para AA+. A agência de notação financeira Fitch cortou, esta terça-feira, o “rating" dos EUA, baixando a avaliação da dívida soberana da maior economia mundial para o segundo nível da escala de qualidade. 

A Fitch invocou "a deterioração orçamental esperada durante os próximos três anos", mas também "a erosão da governação", com "impasses repetidos quanto ao limite da dívida e resoluções de último minuto."

A secretária do Tesouro, Janet Yellen, disse que "desaprova fortemente a decisão da Fitch" e classificou a mudança de “arbitrária” e “baseada em dados desatualizados."

A Casa Branca também expressou o desacordo com a decisão.

Karine Jean-Pierre, porta-voz do presidente Joe Biden, disse que "vai contra a realidade", uma vez que ocorre em "um momento em que o presidente Biden realizou a mais forte recuperação das maiores economias mundiais."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden limita investimento tecnológico em países "problemáticos"

Eleições Francesas: vitória da esquerda provoca queda do euro

Fabricante de chocolates planeia Nutella vegana