EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Uber Eats altera anúncio polémico da Super Bowl por brincar com alergias alimentares

Colher e frasco com manteiga de amendoim
Colher e frasco com manteiga de amendoim Direitos de autor Canva
Direitos de autor Canva
De  Doloresz Katanich
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A organização norte-americana Food Allergy and Research Education (FARE) chamou a atenção da empresa para o facto de estar a brincar com uma doença potencialmente fatal.

PUBLICIDADE

A Uber Eats fez alterações de última hora no seu anúncio da Super Bowl, depois de ter enfrentado um protesto público da comunidade de pessoas com alergias alimentares, devido ao facto de ter brincado com a alergia à manteiga de amendoim.

O assunto ganhou grande destaque uma vez que o anúncio, feito especificamente para o enorme evento desportivo, estava prestes a ser visto por mais de 100 milhões de pessoas.

Estar no centro das atenções durante o Super Bowl custou sete milhões de dólares por 30 segundos este ano, de acordo com a Dentsu, a agência de publicidade global. As marcas costumam preparar campanhas publicitárias muito criativas para esta ocasião.

A Uber Eats apresentou celebridades como Jennifer Aniston, David e Victoria Beckham, Usher, entre outros, todos a esquecerem-se de algo, lembrando-se depois de utilizar o serviço.

No entanto, um dos excertos do anúncio brincava com a alergia ao amendoim, numa cena em que um homem se esquece de que a manteiga de amendoim contém amendoins e tem uma reação alérgica.

O vídeo, na sua forma original, foi alvo de muitas reacções dos internautas nas redes sociais, um dos quais afirmou ter perdido um filho devido a alergias alimentares.

A ONG Food Allergy Research & Education (FARE) acabou por chamar a atenção da Uber Eats para o assunto e, pouco antes da Super Bowl, agradeceu à empresa de entrega de comida por ter concordado em editar as partes controversas.

A Uber Eats não comentou o assunto.

O diretor executivo da FARE, Sung Poblete, afirmou num comunicado: "A FARE gostaria de agradecer à Uber por ter ouvido a nossa comunidade e ter alterado o seu anúncio da Super Bowl. Depois de falar com eles hoje, acredito que temos um novo aliado para nos ajudar a navegar na nossa jornada com a nossa doença". Poblete acrescentou ainda que esta era uma "vitória para a comunidade com alergias alimentares".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kansas City Chiefs vencem Super Bowl pelo segundo ano consecutivo

Produtores de champanhe votam a favor de colheitas mais pequenas, com vendas em queda

Como a falha global da Microsoft está a afetar as empresas em todo o mundo