EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Quais são os novos limites para a exposição dos trabalhadores ao chumbo?

Em parceria com The European Commission
Quais são os novos limites para a exposição dos trabalhadores ao chumbo?
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Paul Hackett
Publicado a
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button

Uma nova diretiva europeia fixa limites de exposição mais restritivos para substâncias nocivas como o chumbo.

De acordo com as estimativas, cerca de 100 mil trabalhadores estão expostos a este metal perigoso. O chumbo é altamente tóxico e pode causar cancro, danificar o sistema nervoso, afetar a fertilidade, os rins, o coração e o sangue.

Na Europa, há cerca de 300 casos de doença devido à exposição ao chumbo por ano. 

Uma nova diretiva europeia visa proteger melhor os trabalhadores, através da redução do limite para menos de um quarto do nível atual.

Qual é a importância destes limites para a proteção dos trabalhadores?

"Estamos a falar de vidas humanas que serão salvas. Menos trabalhadores ficarão doentes devido ao trabalho. Menos trabalhadores morrerão. Estamos a rever pela primeira vez em 40 anos, o valor-limite do chumbo. Mas também estamos, pela primeira vez, a introduzir um valor-limite para os diisocianatos. Isto significa que os metalúrgicos, os trabalhadores industriais, os que fabricam as turbinas eólicas, os que fabricam as baterias, os que estão na vanguarda da transição ecológica, estarão mais protegidos graças a esta legislação", disse à euronews o eurodeputado Nikolaj Villumsen.

As novas regras implicam uma redução do limite de exposição biológica de 70 para 15 microgramas por 100 mililitros de sangue.

Depois da entrada em vigor, os Estados-Membros têm dois anos para transpor as novas regras sobre produtos químicos na legislação nacional.

Partilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Bruxelas apoia formações na área digital e tecnológica

Será que IA vai tirar-nos o emprego?

Os europeus estão prontos para adotar uma versão digital do euro?