EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Viena, Carnaval e bailes

Em parceria com
Viena, Carnaval e bailes
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O Carnaval de Viena significa também dançar toda a noite num dos bailes mais prestigiados: o da Filarmónica, que decorre na Musikverein, a casa da orquestra.

“É como entrar num conto de fadas. Ficamos esmagados por esta beleza”, diz Anneleen Lenaerts, que toca harpa no baile. Para Benjamin Schmidinger, um dos participantes, “é a cultura austríaca, a cultura vienense nesta altura do ano. É Carnaval, é a época dos bailes”.

Nada é deixado ao acaso: por detrás de cada passo de dança há uma coreografia e vários dias de ensaios, sob supervisão de um conhecido mestre de danças.

Depois das debutantes e respetivos pares entrarem para abrir o baile, juntam-se-lhes mais de 3000 convidados.

Todos os anos, a orquestra traz um grande maestro ao baile. Este ano, a honra coube ao venezuelano Gustavo Dudamel: “Uma pessoa sente-se parte da família, porque este é um acontecimento familiar, tanto para a orquestra como para a alma vienense, o que nos faz sentir que fazemos parte disto”, diz o jovem maestro, uma das maiores estrelas atuais da música erudita.

No Salão Dourado, as valsas e polcas misturam-se com sons mais modernos.

“Não sendo austríaca, aquilo que eu mais admiro nas pessoas de Viena é o orgulho naquilo que têm, do que conseguiram e do que são graças à cultura. Sinceramente, é uma grande experiência”, diz Anneleen Lenaert.

Benjamin Schmidinger resume bem o espírito: “É uma tradição muito boa e antiga, que nos vai sobreviver por muitos anos… Pelo menos, espero que sim!”

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Talentoso jovem maestro ganha Prémio Herbert von Karajan

Prémio Herbert von Karajan para Jovens Maestros: uma experiência emocionante

"Champion", a vida do pugilista Emile Griffith numa ópera-jazz