EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Anderson vs Iñarritu: o cartaz da noite "branca" dos óscares

Anderson vs Iñarritu: o cartaz da noite "branca" dos óscares
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Duas comédias partem como as grandes favoritos para a corrida aos óscares do próximo dia 22 de fevereiro. A academia de cinema norte-americana

PUBLICIDADE

Duas comédias partem como as grandes favoritos para a corrida aos óscares do próximo dia 22 de fevereiro. A academia de cinema norte-americana revelou esta quinta-feira as nomeações nas 24 categorias a concurso.

Uma lista dominada por “Birdman” de Alejandro Iñarritu e “The Grand Budapest Hotel”, de Wes Anderson, com 9 nomeações cada um, entre as quais, melhor filme, melhor realizador e melhor argumento.

Os atores da comédia do realizador mexicano são, no entanto, os mais nomeados das duas peliculas, como o ex-batman Michael Keaton, na categoria de ator principal e o duo Emma Stone e Edward Norton, nos papéis secundários.

No hotel retratado na comédia de Wes Anderson, os atores ficaram desalojados na escolha da academia que preferiu destacar a película em várias categorias técnicas, como melhor guarda-roupa, melhor montagem ou melhor música.

O filme “Jogo de Imitação” de Morten Tyldum, conta com oito nomeações. Para lá de melhor filme, realizador e argumento adaptado, a estrela ascendente britânica, Benedict Cumberbatch está nomeado para melhor ator, assim como Keira Knightley para a categoria de melhor atriz secundária.

O filme “Boyhood” de Richard Linklater surge em “terceiro lugar” com seis nomeações, à semelhança de “Sniper Americano” de um Clint Eastwood que não surge, no entanto na lista de candidatos a melhor realizador.

A película de Linklater, filmada ao longo de 12 anos com os mesmos atores tinha-se colocado na rampa de lançamento para os óscares ao vencer a semana passada os ambicionados “golden globes”. Para lá de melhor filme, melhor realizador e melhor argumento original, os atores Ethan Hawke e Patricia Arquette estão agora nomeados nas categorias de papéis secundários.

As escolhas da Academia suscitam polémica nas redes sociais ao não incluirem um único ator negro na lista dos nomeados, pela primeira vez em 19 anos, um debate inflamado pela ausência de Ava DuVernay da lista de melhores realizadores pelo filme “Selma” sobre Marthin Luther King Jr.

(A lista completa das nomeações na conta twitter da Academia):

We’re happy for the nominees and happier for the people they’ve inspired. http://t.co/zlFeiEIpe7#OscarNoms

— The Academy (@TheAcademy) January 15, 2015

Melhor filme

Vencedor em 2014: “12 anos escravo” (Steve McQueen)

Nomeados em 2015:

  • Sniper Americano (Clint Eastwood)
  • Birdman ou a Inesperada Virtude da Ignorância(Alejandro González Iñárritu)
  • Momentos de uma vida/Boyhood (Richard Linklater)
  • Grand Budapest Hotel (Wes Anderson)
  • O jogo da imitação (Morten Tyldum)
  • A marcha da liberdade/Selma (Ava DuVernay)
  • A teoria de tudo (James Marsh)
  • Whiplash – Nos Limites (Damien Chazelle)

Melhor realizador

Vencedor em 2014: Alfonso Cuarón (Gravidade)

Nomeados em 2015:

  • Alejandro G. Iñárritu (Birdman ou a Inesperada Virtude da Ignorância)
  • Richard Linklater (Momentos de uma vida/Boyhood)
  • Bennett Miller (Foxcatcher)
  • Wes Anderson (Grand Budapest Hotel)
  • Morten Tyldum (O jogo da imitação)

Melhor ator

Vencedor em 2014: Matthew McConaughey (“O clube de Dallas”)

Nomeados em 2015:

PUBLICIDADE
  • Steve Carell (Foxcatcher)
  • Bradley Cooper (Sniper Americano)
  • Benedict Cumberbatch (O jogo da imitação)
  • Michael Keaton (Birdman ou a Inesperada Virtude da Ignorância)
  • Eddie Redmayne (A teoria de tudo)

Melhor atriz

Vencedor em 2014: Cate Blanchett (Blue Jasmine)

Nomeados em 2015:

  • Marion Cotillard (Dois dias, duas noites)
  • Felicity Jones (A teoria de tudo)
  • Julianne Moore (O meu nome é Alice)
  • Rosamund Pike (Em parte incerta/Gone girl)
  • Reese Witherspoon (Livre – Wild)

Melhor filme estrangeiro

Vencedor em 2014: A grande beleza (Paolo Sorrentino, Itália)

Nomeados em 2015:

PUBLICIDADE
  • Ida (Pawel Pawlikowski, Polónia)
  • Leviatã (Andrey Zvyagintsev, Rússia)
  • Tangerines (Zaza Urushadze, Estónia)
  • Timbuktu (Abderrahmane Sissako, Mauritânia)
  • Relatos selvagens (Damián Szifron, Argentina)
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon