EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

As consequências da repressão sexual das mulheres

As consequências da repressão sexual das mulheres
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O filme “Angelica” mostra-nos as consequências nefastas da repressão da sexualidade feminina. A obra baseia-se no romance homónimo do escritor

PUBLICIDADE

O filme “Angelica” mostra-nos as consequências nefastas da repressão da sexualidade feminina.

A obra baseia-se no romance homónimo do escritor norte-americano Arthur Phillips. O argumento gira em torno de um casal inglês do século XIX. A atriz Jena Malone incarna o papel principal.

“Gosto do facto de o filme começar como um drama inglês de crítica de costumes em torno de um jovem casal apaixonado. Depois o argumento dá uma série de reviravoltas: é uma história de amor que pode ser lida de várias maneiras. A obra examina o que está por detrás da histeria feminina e a questão do desejo sexual. Nesse tempo uma mulher sabia mais sobre os motivos de uma peça de roupa do que sobre o seu próprio corpo”, afirma a Malone.

A atriz sublinha que o guarda-roupa de época influenciou drasticamente o seu desempenho: “Este filme teve um impacto físico a vários níveis, porque tive que usar um espartilho e um saiote, o que altera a nossa forma de andar e de respirar. Altera também a nossa forma de comer. A minha digestão mudou e os meus padrões de sono também porque tive uma forma de depressão, não conseguia digerir a comida, foi uma loucura”, confessou a atriz.

“Angelica” estreou no Festival Internacional de Cinema de Berlim e não tem data de estreia anunciada em Portugal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon