EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

"A Colina Escarlate" - o terror gótico segundo Guillermo del Toro

"A Colina Escarlate" - o terror gótico segundo Guillermo del Toro
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A história de “A Colina Escarlate”, o mais recente filme de terror gótico, escrito e dirigido por Guillermo del Toro, passa-se no séc. IXX, no norte

PUBLICIDADE

A história de “A Colina Escarlate”, o mais recente filme de terror gótico, escrito e dirigido por Guillermo del Toro, passa-se no séc. IXX, no norte da Inglaterra.

No rescaldo de uma tragédia familiar, a escritora Edith Cushing (interpretada por Mia Wasikowska) está dividida entre o amor por um amigo de infância e a atração pelo misterioso Sir Thomas Sharpe (interpretado por Tom Hiddleston).

A escritora deixa-se arrastar por esta estranha paixão e muda-se para a sombria mansão de Thomas Sharpe, situada no alto de uma colina, onde ele vive com a irmã, Lucille (interpretada por Jessica Chastain).

O realizador tinha um projeto claro em mente, quanto aos papéis femininos:

“Consegui aquilo que queria, neste filme – que todos os personagens masculinos fossem secundários. Normalmente, no romance gótico, acabamos com Fabio a carregar nos braços a jovem sem camisa, salvando-a do perigo. Eu queria atualizar o género e tornar centrais os papéis femininos”.

Tom Hiddleston considera importante esta escolha de Del Toro:

“Foi com grande admiração que ouvi Del Toro falar-me da intenção de subverter as expectativas sobre o romance gótico . Na maior parte destas histórias, a heroína é salva pelo herói, mas nesta história a heroína salva-se sozinha. Parece-me muito importante”.

Uma casa entre os papéis principais

Edith vai descobrir que a mansão é habitada por fantasmas de um passado tenebroso, seres de outro mundo que vão abalar a sua sanidade mental. Uma casa, que é afinal um dos personagens principais deste filme.

Del Toro inspirou-se na mansão assombrada do filme de Stanley Kubrick, The shining.

Mia Wasikowska diz que o realismo com que esta mansão foi criada a ajudou muito na interpretação:

“É raro ter a oportunidade de filmar num cenário construído com realismo, de modo a fazer-nos sentir que estamos nesse espaço, fiel à disposição espacial da história, podermos atravessar a cozinha e termos o elevador que sobe aos andares superiores. Nunca tive esta medida de realismo num filme, antes”, sublinha a atriz.

Estreia

“A Colina Escarlate” está aí – em Portugal dia 22 de outubro, no Brasil a partir de 15 de outubro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon