EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Feira de Arte Frieze de Londres

Feira de Arte Frieze de Londres
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

De uma das referência da vídeoarte a peças extraterrestes, um mundo de Arte Contemporânea passou pela capital britânica.

PUBLICIDADE

A Feira de Arte Frieze, em Londres, esteve patente ao público de 3 a 6 de outubro. Trata-se de um dos eventos mais populares de Arte Contemporânea em todo o mundo. O sul-coreano Nam June Paik foi um dos artistas em destaque.

"Creio que o Nam June Paik é verdadeiramente considerado o pai da videoarte. Ele está bem referenciado nos cânones da história da arte e tem sido alvo de grandes retrospetivas. Algumas das obras que expomos aqui estiveram na retrospetiva do Guggenheim no ano 2000. Ele vai igualmente lançar um grande espetáculo noTate Modern, no final do mês, um espetáculo que vai viajar até aos Estados Unidos, Singapura, Amesterdão... Esperemos que traga um novo público a apreciar a importância do seu trabalho" - refere Pat Lee, diretor da Galeria Hyundai de Seul.

A conquista do espaço foi homenageada numa exposição que teve Giulio Turcato como um dos expoentes. "A partir dos anos 60, mas dos 70 em particular, Turcato tentou recriar a superfície da Lua usando diferentes tipos de material e isso é muito claro nesta obra que decidimos incluir nesta mostra" - explica Ludovica Antichi da Galeria Mazzoleni.

Peças com milhares de milhões de anos também estiveram patentes ao público, numa coleção a cargo de Jethro Sverdloff, da ArtAncient: "Juntámos 54 peças que cobrem 4,5 mil milhões de anos de história, começando na criação do sistema solar, representado por meteoritos, passando por fósseis que preservam as provas das primeiras formas de vida no planeta." Um meteorito esférico encontrado na Rússia nos anos 60 é uma das estrelas desta coleção - "Vem do coração de um asteroide e é não só composta por ferro mas tem estes cristais extraterrestres muito bonitos."

Arte natural que quando exposta num contexto específico é capaz de exalar toda a sua beleza.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Art Paris deu ânimo e espaço aos artistas

Art Paris 2024: a cena artística francesa no centro das atenções, com jovens talentos em destaque

Andrey Gugnin recebe o primeiro prémio de 150.000€ no Concurso Internacional de Piano Clássico 2024