EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Soprano búlgara Sonya Yoncheva organiza uma noite mágica em Sófia

Em parceria com
Soprano búlgara Sonya Yoncheva organiza uma noite mágica em Sófia
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Katharina Rabilloneuronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A soprano búlgara Sonya Yoncheva uma das grandes estrelas da ópera organizou um grande espetáculo, em Sófia, onde cantou com Plácido Domingo.

A soprano búlgara Sonya Yoncheva organizou uma noite de gala na Bulgária onde cantou com Plácido Domingo.

Para Sonya Yoncheva, a gala na Catedral Alexander Nevsky, em Sófia, representa um regresso às origens. A estrela da ópera búlgara, vencedora do concurso Operalia, fez carreira internacional e não vive na Bulgária há quase vinte anos mas não esquece o país natal. 

"A minha alma é búlgara"

“Para mim, foi muito importante este novo começo, aqui, na Bulgária, neste sítio tão espiritual. É impressionante, estou arrepiada, andamos a trabalhar para esta gala há um ano e é incrível estar finalmente aqui, estou muito emocionada. Mantive sempre uma ligação ao meu país, apesar de não morar aqui há quase vinte anos. A minha alma é búlgara, nasci aqui, e a minha família está aqui", disse à euronews a soprano búlgara.

“Eu queria um vestido feito por uma mulher búlgara. Escolhi este vestido porque amo a maneira como ele voa no palco em frente de seis mil pessoas”, confessou Sonya Yoncheva.

euronews
A gala organizada pela soprano Sonya Yoncheva em Sófia na Bulgáriaeuronews

Árias célebres e zarzuelas espanholas

O espetáculo incluiu árias e duetos emblemáticos da história da ópera e Zarzuelas, um género espanhol lírico e teatral do século XVII. “Queria dar as boas-vindas ao Plácido Domingo no meu país com a música do país dele, para que ele se sentisse imediatamente em casa“, sublinhou a cantora.

Para Plácido Domingo, a Zarzuela tem um valor sentimental muito forte. "Foi a primeira música que ouvi. A minha mãe cantou até o nono mês. Eu amo esta música. Deve ter sido, com certeza, a primeira música que cantei. Estou muito orgulhoso por levar a Zarzuela ao mundo inteiro", afirmou o tenor Plácido Domingo.

“O Plácido disse-me hoje que La Marchenera, uma das Zarzuelas que eu canto, e a minha favorita de todos os tempos, era também a favorita de mãe dele. Fiquei muito comovida quando ele me disse isso porque sou uma pessoa muita ligada ao passado, não esqueço de onde venho. E penso que o Plácido também é assim", frisou a soprano búlgara.

euronews
A euronews falou com Sonya Yoncheva durante a gala na capital búlgaraeuronews

Uma carreira internacional fulgurante

Desde que há onze anos venceu o concurso de ópera Operalia, organizado por Plácido Domingo, os dois cantores mantiveram uma relação de grande amizade. “É maravilhoso. Ela está a crescer cada vez mais. A voz dela está a ficar cada vez mais rica. Ela tem a leveza, mas também o som de uma soprano dramática", afirmou Plácido Domingo.

Para Sonya Yoncheva a experiência de produzir um espetáculo é algo muito enriquecedor. "É importante para mim, pessoalmente, poder expressar-me de uma forma diferente, não apenas como artista, mas também através da organização e da partilha desta forma de arte”, concluiu a cantora búlgara.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sonya Yoncheva estreia-se na zarzuela

Talentoso jovem maestro ganha Prémio Herbert von Karajan

Prémio Herbert von Karajan para Jovens Maestros: uma experiência emocionante