This content is not available in your region

Rendez-vous: O melhor da cultura na Europa

euronews_icons_loading
 Obras da artista Etel Adnan, no Museu Van Gogh, Amsterdão, Países Baixos
Obras da artista Etel Adnan, no Museu Van Gogh, Amsterdão, Países Baixos   -   Direitos de autor  AP Photo
De  Euronews

As obras de Joan Miró preenchem, por estes dias, de forma e cor Chillida Leku. O museu dedicado ao artista basco Eduardo Chillida, acolhe na cidade espanhola de Hernani, mais precisamente na quinta de Zabalaga, obras de pequeno formato do grande surrealista catalão.

Uma homenagem à arte e amizade entre os dois artistas, intitulada "Miró en Zabalaga", que ganha vida numa exposição monográfica aberta ao público até 1 de Novembro.

Ainda no campo das homenagens, desta vez em Bordéus, o Museu de Belas Artes está a celebrar o bicentenário de Rosa Bonheur(1822-1899). A obra da pintora francesa é visitada numa retrospetiva sem precedentes, que traz à luz o fascínio da artista pelos animais.

Do realismo das telas à emancipação feminina de que foi ícone, o público é convidado a um percurso de redescoberta da vida e arte de Bonheur até 18 de setembro.

O Museu Van Gogh apresenta "Colour as Language", uma exposição retrospetiva de obras de Etel Adnan.

A artista líbano-americana, que morreu em novembro do ano passado, é a primeira mulher a expor em nome próprio no museu, com o qual desenvolveu a exposição em estreita colaboração.

Vincent van Gogh, uma fonte de inspiração para a artista, marca também presença com 10 obras expostas, até 4 de setembro.