Quadro de Monet "agredido" com puré de batata na Alemanha

Obra de Claude Monet que foi "agredida" com puré de batata por ativistas, na Alemanha
Obra de Claude Monet que foi "agredida" com puré de batata por ativistas, na Alemanha Direitos de autor @AufstandLastGen Twitter
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ativistas do grupo Last Generation sujaram com puré de batata um quadro de Claude Monet exposto no museu Barberini em Potsdam, na Alemanha

PUBLICIDADE

Dois ativistas do grupo Last Generation atiraram puré de batata a uma pintura de Claude Monet num museu alemão, em protesto contra a extração de combustíveis fósseis.

O grupo tem apelado ao governo alemão para tomar medidas drásticas para proteger o clima.

Depois de borrarem a pintura, os ativistas colaram-se à parede debaixo do quadro.

A obra do impressionista Claude Monet atingida foi "Les Meules", que estava exposta no museu Barberini de Potsdam.

Esta iniciativa não é inédita. Em Londres, na National Gallery, "Os Girassóis" de Van Gogh foram também "agredidos" com sopa de tomate, por outros ativistas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Como motivar a geração mais jovem a votar nas eleições europeias?

Exemplar raro de banda desenhada com a estreia do Super-Homem vendido por valor recorde de 5,5 milhões de euros

Alec Baldwin "não tinha controlo" sobre as suas emoções no cenário de "Rust", dizem os procuradores