Atores de "Romeu e Julieta" processam estúdio de cinema Paramount

Romeu e Julieta, Franco Zeffirelli, 1968
Romeu e Julieta, Franco Zeffirelli, 1968 Direitos de autor AP/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ação judicial por cena de nudez infantil no filme de 1968.

PUBLICIDADE

Os dois atores principais do filme Romeu e Julieta, de 1968, de Franco Zeffirelli, abriram um processo contra a Paramount Pictures por uma cena de nudez, que foi filmada quando eram adolescentes. Olivia Hussey tinha 15 anos na altura e Leonard Whiting 16. Têm agora 71 e 72 anos, respetivamente. Acusam o estúdio de cinema de exploração sexual infantil.

O processo deu entrada no Tribunal Superior de Santa Mónica, nos Estados Unidos, e os dois atores reclamam uma indemnização no valor de 500 milhões de euros, alegando que ficaram afetados emocionalmente e viram as oportunidades de trabalho diminuídas.

AP Photo
Romeu e Julieta, de 1968, de Franco ZeffirelliAP Photo

Segundo os atores do filme, dias antes das filmagens, Zeffirelli, falecido em 2019, prometeu que o filme não apresentaria nudez e usaria roupas íntimas na cena, falhando assim à sua promessa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Conheça as esposas tradicionais: as influenciadoras anti-feministas que defendem os valores tradicionais

Polícia apreende 72 armas em casa do ator francês Alain Delon

Uma mãe e arquiteta de origem iraniana é a nova Miss Alemanha