Brasil volta a atrair milhões para celebrar o Carnaval

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Apresentadora Sabrina Santo desfila pela escola "Gaviões da Fiel", em São Paulo, Brasil
Apresentadora Sabrina Santo desfila pela escola "Gaviões da Fiel", em São Paulo, Brasil   -  Direitos de autor  Andre Penner/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.

Foi de chave na mão, entregue pelo autarca da cidade, que o Rei Morno, deu por abertas as festividades da época, esta sexta-feira, no Rio de Janeiro. "Declaro o Carnaval da democracia, o Carnaval do Rio de Janeiro, aberto".

Num carnaval pós-Bolsonaro, a cidade maravilhosa, acolheu no primeiro dia dos festejos mais de 20 blocos, em desfiles populares.

De acordo com a Prefeitura da Cidade, este ano o Carnaval no Rio de Janeiro deverá gerar 4,5 mil milhões de reais (cerca de 810 milhões de euros) em receitas.

Um pouco por todo o Brasil multiplicam-se os corsos e as festas paralelas, onde as únicas máscaras permitidas depois da pandemia, são as do Carnaval. 

Em São Paulo, 14 escolas competem durante dois dias por uma vitória no sambódromo.

Pelas contas do Governo Federal, as celebrações deverão atrair cerca de 46 milhões de pessoas às ruas.