EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Starfield": O jogo de aventura espacial que permite explorar mais de 1000 planetas

Uma captura de ecrã de "Starfield", o mais recente universo de jogos de vídeo da Bethesda
Uma captura de ecrã de "Starfield", o mais recente universo de jogos de vídeo da Bethesda Direitos de autor Credit: Bethesda Game Studios / Starfield
Direitos de autor Credit: Bethesda Game Studios / Starfield
De  Theo FarrantAFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Os entusiastas do espaço e os jogadores aguardam ansiosamente a oportunidade de se lançarem numa nova aventura que está a ser preparada há anos.

PUBLICIDADE

Após uma série de atrasos, Starfield, um dos jogos de vídeo mais aguardados dos últimos anos, criado pelo estúdio Bethesda, propriedade da Microsoft, está finalmente pronto a arrancar em todo o mundo.

Na sua essência, Starfield é um ambicioso jogo de exploração espacial que convida os jogadores a embarcar numa viagem cósmica através da vastidão da Via Láctea.

Mas o que o distingue é a sua escala sem precedentes - oferecendo aos jogadores a oportunidade de explorar um conjunto surpreendente de mais de 1000 planetas diferentes, juntamente com um número não revelado de luas e estações espaciais.

O jogo, que está a ser produzido há sete anos, estará disponível para jogar no PC e na Xbox e marca o primeiro universo novo em 25 anos da Bethesda Game Studios, conhecida pelo seu trabalho inovador nas séries The Elder Scrolls e Fallout.

Simon Little, diretor da Video Games Europe, afirma que o entusiasmo em torno do lançamento é um reflexo direto da evolução da indústria dos jogos.

"Ao contrário de um livro ou de um filme, em que é escrito, está terminado e pronto, um grande jogo online, do ponto de vista do desenvolvimento, nunca está realmente terminado. Está sempre a ser melhorado, ajustado, alargado, apenas para manter os jogadores envolvidos e interessados, e a jogar e a desfrutar do jogo."

E acrescenta: "Não se pergunta às pessoas se vão ao cinema ou se leem livros. É mais ou menos entendido que é isso que se faz. Penso que em breve chegaremos a um ponto em que se entenderá que, bem, sim, eu jogo jogos como parte do meu entretenimento quotidiano."

Editor de vídeo • Theo Farrant

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Justin Timberlake foi detido por conduzir embriagado em Long Island, Nova Iorque

Morreu atriz francesa Anouk Aimée aos 92 anos

Ator Ian Mckellen hospitalizado depois de cair do palco durante atuação