Bolero é Património Cultural Imaterial da UNESCO

Bolero distinguido pela Unesco
Bolero distinguido pela Unesco Direitos de autor RODRIGO OROPEZA/AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Este género musical teve origem em Santiago de Cuba, no final do século XIX, e foi adotado e pelo México no início do século XX.

PUBLICIDADE

Cuba e México defendem juntos a candidatura deste género musical, que descrevera, como "identidade, emoção e poesia transformadas em canção", e "um elemento indispensável da canção sentimental da América Latina".

O bolero teve origem em Santiago de Cuba, no final do século XIX, e foi adotado e pelo México no início do século XX, tornando-se assim parte integrante do tecido cultural de ambas as nações.

As letras refletem a vida quotidiana e as canções são interpretadas em diversos espaços, desde as casas até aos espaços públicos e grandes salas de concerto, bem como em festivais e serenatas. 

A prática é geralmente transmitida nas famílias, através da tradição oral e da imitação. Investigadores e académicos também contribuem para a sua transmissão. 

Atualmente, continuam a ser compostos novos boleros, e as letras e a música dão lugar a um diálogo em constante evolução com a tradição de ambos os países.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Obra-prima de Bernini no Vaticano alvo do primeiro grande restauro em 250 anos

Martin Scorsese recebeu Urso de Ouro honorário na Berlinale

Ridley Scott pode realizar filme biográfico dos Bee Gees