EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Grammy Awards 2024: Taylor Swift é a primeira artista a vencer pela quarta vez o Álbum do Ano

Grammy Awards 2024: Taylor Swift é a primeira artista a vencer um quarto Grammy para Álbum do Ano
Grammy Awards 2024: Taylor Swift é a primeira artista a vencer um quarto Grammy para Álbum do Ano Direitos de autor AP Photo/Chris Pizzello
Direitos de autor AP Photo/Chris Pizzello
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Taylor Swift faz história e anuncia um novo álbum para 19 de abril. Também Miley Cyrus, Victoria Monét e Billie Eilish saíram premiadas.

PUBLICIDADE

A 66ª edição dos Grammy Awards decorreu na noite de domingo, no centro de Los Angeles, e Taylor Swift conquistou mais um recorde ao tornar-se a primeira artista a vencer o quarto Grammy para Álbum do Ano, com “Midnights”.

A cantora, que num ano esgotou estádios em todos os Estados Unidos, ainda levou para casa o prémio de Melhor Pop Vocal, com “Midnights”. 

A artista norte-americana começou por agradecer ao seu produtor e amigo Jack Antonoff, e acrescentou: "Adoraria dizer-vos que este é o momento mais feliz da minha vida, mas sinto esta felicidade sempre que crio música e faço espetáculos”. 

Taylor Swift anunciou, ainda, que o seu novo álbum, intitulado de "The Department of Tortured Poets", vai estar disponível a partir do dia 19 de abril deste ano.

Miley Cyrus, que surgiu nos Grammy com o cabelo bouffant ao estilo da falecida atriz Farraj Fawcett, levou para casa o prémio de Gravação do Ano e Melhor Performance Pop a Solo com a música “Flowers”.

Victoria Monét recebeu o galardão de Melhor Nova Artista e, entre outros, agradeceu aos empregados de mesa pelo champanhe. 

"Obrigada aos empregados de mesa pelo champanhe desta noite. Obrigada à minha mãe, uma mãe solteira que criou esta rapariga muito má", acrescentando que este prémio levou "quinze anos a ser gerado".

Por sua vez, Billie Eilish venceu a Canção do Ano por ter escrito a música “What Was I Made For?”, que fez sucesso no filme da Barbie. A artista agradeceu à realizadora Greta Gerwig por ter feito “o melhor filme do ano”, de acordo com Billie Eilish.

O momento da entrega do Grammy a Billie Eilish foi, segundo as agências internacionais, um dos pontos altos do espetáculo de domingo, apresentado pelo comediante Trevor Noah. 

A cerimónia contou com muitas atuações dos mais variados estilos. Olivia Rodrigo, por exemplo, atuou com a sua música “Vampiro”, onde líquido vermelho apareceu a pingar nas paredes atrás de si.

A artista Joni Mitchell, de 80 anos, entrou para a história dos Grammy ao interpretar “Both Sides Now” do seu álbum "Clouds" de 1969, um clássico da música popular.

Rapper Killer Mike é detido nos Grammy

O momento insólito da noite foi protagonizado pelo rapper Killer Mike, de 48 anos, que foi algemado e detido durante a cerimónia dos Grammy, por “agressão grave” nos bastidores do evento, pouco depois de ter ganho três prémios, incluindo o seu primeiro em mais de duas décadas, segundo as agências internacionais.

Michael Render, nome verdadeiro do artista, venceu os Grammy de Melhor Álbum Rap, pelo seu álbum Michael, Melhor Canção de Rap e Melhor Performance Rap pela música “Scientists and Engineers” com Andre 3000, Future e Eryn Allen Kane.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grammy Awards: Zelenskyy discursou na cerimónia de prémios

A história por detrás da fotografia viral de Lionel Messi com o bebé Lamine Yamal

'A eleição acabou': celebridades reagem à tentativa de assassinato de Donald Trump