A exposição de Burtynsky na Saatchi Gallery "abre a cortina" sobre o impacto da humanidade na Terra

A exposição de Burtynsky na Saatchi Gallery "abre a cortina" sobre o impacto da humanidade na Terra
Direitos de autor euronews
De  Damon Embling
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Fotografias impressionantes, murais e vídeos do artista fotográfico canadiano Edward Burtynsky incitam a repensar o nosso legado na Terra e a procurar um futuro mais sustentável.

PUBLICIDADE

Nesta edição de CULT, o repórter do Euronews, Damon Embling, analisa uma nova exposição na Saatchi Gallery de Londres, que investiga o impacto dos seres humanos no nosso planeta.

Burtynsky: Extraction/Abstraction (Extração/Abstração) é uma retrospetiva que apresenta mais de 90 fotografias de grande formato do artista fotográfico canadiano Edward Burtynsky, em conjunto com murais e uma experiência de realidade aumentada.

As imagens expostas documentam a pegada da humanidade no mundo natural, e as consequências ambientais da indústria ao longo de mais de quatro décadas.

Está dividida em cinco secções principais: Abstração, Agricultura, Extração, Manufatura e Indústria, e Resíduos.

Burtynsky refere que não se trata de um espetáculo de "acusação", mas sim de "abrir a cortina" sobre o "outro mundo que tem de existir, para que este mundo possa existir".

Uma das exposições, In the Wake of Progress (Na senda do progresso), combina fotografias e imagens de vídeo da longa carreira de Burtynsky. A experiência de 22 minutos mergulha os visitantes na história do impacto da indústria humana na Terra, incitando-os a repensar e a procurar um futuro mais sustentável.

Outras obras em exposição exploram a forma como as marcas deixadas pela indústria podem ser estranhamente belas, incluindo uma imagem do Canadá, que apresenta resíduos líquidos cor de laranja derivados da extração de níquel.

Burtynsky: Extraction/Abstraction está patente na Saatchi Gallery de Londres até 6 de maio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Art Paris 2024: a cena artística francesa no centro das atenções, com jovens talentos em destaque

Andrey Gugnin recebe o primeiro prémio de 150.000€ no Concurso Internacional de Piano Clássico 2024

Festival Balkan Trafik! dá destaque à Moldova e às suas minorias