Semana da Moda de Paris: Celebridades reúnem-se para assistir ao renascimento da Dior dos anos 60

Modelos vestem criações no âmbito da coleção de pronto-a-vestir Christian Dior outono/inverno 2024-2025 apresentada terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, em Paris.
Modelos vestem criações no âmbito da coleção de pronto-a-vestir Christian Dior outono/inverno 2024-2025 apresentada terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, em Paris. Direitos de autor Credit: Vianney Le Caer/Invision
De  Theo FarrantAP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A apresentação da Dior na Semana da Moda de Paris mostrou uma fusão impressionante de moda e arte, liderada pela diretora criativa Maria Grazia Chiuri.

PUBLICIDADE

Figuras esculturais douradas que se assemelham a guerreiros de bengala, com vestidos esvoaçantes que evocam formas esqueléticas, ficaram de sentinela na passerelle da Dior na Semana da Moda de Paris.

A exibição exuberante marcou mais um capítulo na fusão contínua de Maria Grazia Chiuri entre a moda e a arte na Semana da Moda de Paris.

Celebridades como Jennifer Lawrence, Maisie Williams, Mia McKenna-Bruce e Natalie Portman estiveram entre o público repleto de estrelas, testemunhando uma coleção que revisitou os anos 60 e a génese do pronto-a-vestir na Dior.

Como descrito pela casa de moda, esta era foi um momento crucial "quando a moda deixou o atelier para conquistar o mundo".

Uma gloriosa fusão de arte e moda

Modelos vestem criações no âmbito da coleção de pronto-a-vestir Christian Dior outono/inverno 2024-2025 apresentada terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, em Paris.
Modelos vestem criações no âmbito da coleção de pronto-a-vestir Christian Dior outono/inverno 2024-2025 apresentada terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, em Paris.Vianney Le Caer/Invision

A decoração escultural com armações de cana da artista Shakuntala Kulkarni, baseada em Mumbai, criou um cenário dramático, semelhante a uma armadura, para designs que celebravam a liberdade e o empoderamento do pronto-a-vestir para a mulher moderna.

O calçado da coleção, composto por botas com fivelas e tiras até ao joelho, refletia diretamente o padrão de treliça do teto de cana. Noutros locais, as peças de vestuário prestavam homenagem às icónicas cinturas apertadas e silhuetas em linha A da década de 1960.

No entanto, Chiuri soube dar um toque moderno a estes elementos retro, incorporando estilos de roupa desportiva com casacos de ombros redondos que exalavam um toque minimalista.

Coleção de pronto-a-vestir Christian Dior outono/inverno 2024-2025 apresentada terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, em Paris.
Coleção de pronto-a-vestir Christian Dior outono/inverno 2024-2025 apresentada terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, em Paris.Vianney Le Caer/Invision
Coleção de pronto-a-vestir Christian Dior outono/inverno 2024-2025 apresentada terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, em Paris.
Coleção de pronto-a-vestir Christian Dior outono/inverno 2024-2025 apresentada terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, em Paris.Credit: Vianney Le Caer/Invision

Os lenços, um favorito recorrente de Chiuri, foram omnipresentes e anunciados como "protetores, envolventes e embelezadores, conforme necessário" para uma mulher livre e mundana.

Entre os destaques da coleção estava um volumoso casaco preto cruzado com influência asiática, apertado na cintura e emparelhado com uma boina de couro preto com tachas, destacando-se como um testemunho da inovadora fusão histórica de Chiuri.

Ecoando a paleta de cores de Marc Bohan, o designer da Dior nos anos 60, a coleção deslumbrou em branco, laranja, rosa e verde néon, com tons de maquilhagem a condizer.

Jisoo
JisooCredit: Vianney Le Caer/Invision
Natalie Portman
Natalie PortmanCredit: Vianney Le Caer/Invision
Jennifer Lawrence
Jennifer LawrenceCredit: Scott A Garfitt/Invision

O último drama televisivo da Dior

Longe das passarelas, a Dior também tem feito manchetes com a estreia de The New Look, uma série da Apple TV que narra a carreira de Christian Dior (Ben Mendelson) e a sua rivalidade com Gabrielle Chanel (Juliette Binoche).

Tendo como pano de fundo a ocupação nazi de Paris durante a Segunda Guerra Mundial, a série histórica de 10 episódios retrata "o momento crucial ao longo do século XX em que a cidade francesa deu vida ao mundo através do seu ícone da moda, Christian Dior".

"À medida que Dior se torna proeminente com a sua marca inovadora e icónica de beleza e influência, o reinado de Chanel como a estilista mais famosa do mundo é posto em causa", lê-se na sinopse.

Editor de vídeo • Theo Farrant

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O homem mais velho do mundo é britânico e tem 111 anos. O seu segredo? Peixe e batatas fritas

Latino-americanos ricos estão a transformar Madrid numa "nova Miami"

Já se sabe quais são as ruas mais "cool" do mundo em 2024 - e a mais "cool" da Europa é em Portugal