Akira Toriyama, criador da série Dragon Ball, morre aos 68 anos

Akira Toriyama é fotografado em 1982. Toriyama morreu no seu estúdio. Tinha 68 anos.
Akira Toriyama é fotografado em 1982. Toriyama morreu no seu estúdio. Tinha 68 anos. Direitos de autor Kyodo News via AP - ©Bird Studio/SHUEISHA via AP
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
Artigo publicado originalmente em inglês

O criador da série que marcou várias gerações de fãs de banda desenhada japonesa morreu aos 68 anos vítima de um acidente vascular cerebral.

PUBLICIDADE

Akira Toriyama, o criador do best-seller Dragon Ball e de outras séries populares que influenciaram a banda desenhada japonesa, morreu aos 68 anos de idade.

A série de manga Dragon Ball de Toriyama, que teve início em 1984, é um best-seller internacional que também se transformou em séries de anime, jogos de vídeo e filmes extremamente populares.

Toriyama morreu devido a um coágulo de sangue no cérebro, informou o seu estúdio de produção Bird Studio num comunicado.

"Lamentamos profundamente, pois ele ainda tinha vários trabalhos, em plena criação e com grande entusiasmo", afirmou o estúdio. "Teria muito mais coisas para realizar. No entanto, deixou muitos títulos de manga e obras de arte a este mundo".

O estúdio agradeceu aos fãs pelo apoio dado às suas atividades criativas durante mais de 45 anos. "Esperamos que o mundo único da criação de Akira Toriyama continue a ser amado por todos durante muito tempo".

O stand do Dragon Ball Z no "New York Comic Con" no Centro de Convenções Jacob K. Javits Convention - outubro de 2023
O stand do Dragon Ball Z no "New York Comic Con" no Centro de Convenções Jacob K. Javits Convention - outubro de 2023Charles Sykes/Invision/AP

Nascido na região de Aichi, no centro do Japão, em 1955, Toriyama estreou-se em 1978 na revista Weekly Shonen Jump. A sua série Dr Slump, que começou em 1980, tornou-se um enorme sucesso, elevando-o ao jovem artista de banda desenhada mais vendido.

Dragon Ball, a história de um rapaz, Son Goku, e da sua aventura em busca de sete bolas mágicas para realizar os seus desejos, vendeu 260 milhões de cópias no total, de acordo com o estúdio.

Toriyama também desenhou as personagens da série de videojogos Dragon Quest. Recebeu também prémios de manga e arte dentro e fora do Japão, incluindo o de Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras de França, em 2019.

O trabalho de Toriyama em Dragon Ball tornou-o incrivelmente influente, com clássicos como One Piece e Naruto influenciados pela manga.

Numa mensagem sentida, o criador de One Piece, Eiichiro Oda, disse:

É demasiado cedo. O buraco é demasiado grande. Sinto-me triste quando penso que nunca mais o vou ver. Admiro-o muito desde criança, por isso lembro-me do dia em que ele me chamou pelo nome pela primeira vez.
A caminho de casa, no dia em que usaste a palavra "amigo" para mim e para o Kishimoto, lembro-me de estar radiante com o Kishimoto. Também me lembro da última conversa que tivemos(...)
Para os artistas de manga da nossa geração que estiveram no mesmo palco, as obras de Toriyama tornaram-se cada vez mais importantes (...)
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Iris Apfel, ícone da moda, morre aos 102 anos

Como motivar a geração mais jovem a votar nas eleições europeias?

Exemplar raro de banda desenhada com a estreia do Super-Homem vendido por valor recorde de 5,5 milhões de euros