EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Foo Fighters fazem comentários "controversos" sobre digressão de Taylor Swift

Porque é que os Swifties estão zangados com Dave Grohl dos Foo Fighters?
Porque é que os Swifties estão zangados com Dave Grohl dos Foo Fighters? Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  David Mouriquand
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

O vocalista dos Foo Fighters, Dave Grohl, deu a entender, durante um concerto em londres, que Taylor Swift não canta ao vivo. Nas redes sociais, os fãs da cantora norte-americana começaram a responder ao artista.

PUBLICIDADE

O último fim de semana foi excelente para os fãs de música que vivem em londres. A capital de Inglaterra recebeu a cantora Taylor Swift e a banda de rock Foo Fighters.

Taylor Swift atuou no estádio de Wembley, na noite de domingo, como parte da sua digressão “The Eras Tour”. A artista norte-americana trouxe, inclusive, o namorado, o jogador de futebol americano Travis Kelce. No concerto de Swift estiveram presentes figuras como o princípe de Gales, Paul McCartney, Tom Cruise, Nicola Coughlan e o líder trabalhista Keir Starmer.

Do outro lado da cidade, os Foo Fighters atuaram no estádio de Londres, tendo o vocalista Dave Grohl sido criticado por alguns comentários feitos sobre Taylor Swift. Enquanto a banda se preparava para tocar a música “Statues”, Grohl informou o público que Swift estava a tocar em Londres ao mesmo tempo e disse “não vão querer ver sofrer a ira da Taylor Swift”.

"Gostamos de chamar a nossa digressão de 'Errors Tour'. Nós tivemos mais do que algumas eras e mais do que alguns erros também. Apenas alguns. Isso é porque nós tocamos ao vivo... O quê? Só estou a dizer. Vocês gostam de música rock 'n' roll crua e ao vivo, certo? Vieram ao sítio certo", acrescentou Dave Grohl.

Os fãs de Taylor Swift, designados por Swifties, interpretaram esse comentário como uma insinuação de que Swift não canta ao vivo, e começaram a responder à banda através das redes sociais.

No entanto, nem todas as pessoas que assistiram ao concerto dos Foo Fighters encararam o comentário de Dave Grohl como um insulto, e optaram por defender o vocalista.

Como admiradores de Taylor Swift e dos Foo Fighters, a Euronews Cultura encoraja os fãs de ambos os artistas a darem-se bem e a não levarem tão a sério os comentários que ouvem.

"É difícil culpar Swift por trocar um sentido de espontaneidade, e não gosto de o dizer, genuinamente, por precisão. Tudo tem de ser preciso e minuciosamente coreografado. Embora eu pessoalmente prefira um espetáculo mais autêntico com espaço para improvisação ou momentos improvisados, não há como discutir com os resultados. Este espetáculo mostra porque é que Swift transcende até os mais altos escalões da fama pop", pode ler-se na análise da Euronews sobre a “The Eras Tour”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Taylor Swift junta-se aos mais ricos do mundo na lista de multimilionários da Forbes. Saiba quem são os outros

Grammy Awards 2024: Taylor Swift é a primeira artista a vencer pela quarta vez o Álbum do Ano

Rede social X restaura pesquisas por Taylor Swift após bloqueio temporário