Como vencer a vaga de calor: rumo ao norte da Europa para temperaturas mais frescas

Mapa que mostra os locais do Norte da Europa com temperaturas mais baixas
Mapa que mostra os locais do Norte da Europa com temperaturas mais baixas Direitos de autor Euronews Graphistes
Direitos de autor Euronews Graphistes
De  David Mac Dougall
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Muitos destinos turísticos populares do norte da Europa oferecem temperaturas amenas durante todo o verão, com céu nublado e poucas probabilidades de chuva.

PUBLICIDADE

Enquanto a maior parte do sul da Europa está a sofrer com temperaturas recordes, no norte do continente a situação é diferente.

Embora as temperaturas possam atingir regularmente os 30°C em partes da Lapónia na Noruega, Suécia e Finlândia - levando as renas até às praias para se misturarem com os banhistas à beira dos rios do Ártico -, o clima é normalmente muito mais temperado, mesmo durante os meses de verão.

"A época de verão no Ártico é geralmente mais fresca do que noutros destinos mais a sul da Europa. O tempo e as temperaturas em Tromsø variam, e este verão não foi exceção", explica Rebecca Skoog da Visit Tromsø.

"Este verão temos tido, em geral, muito sol, bom tempo e temperaturas mais elevadas, até cerca de 27 graus Celsius. Até agora, esta semana, tivemos sol, chuva e dias nublados", diz à Euronews.

O tempo tem sido, de facto, variável em Tromsø, no alto do Ártico norueguês, com temperaturas esta semana a oscilar entre os 12°C e os 19°C.

Embora o verão comece em maio, há dias de neve mesmo em junho, à medida que a paisagem se torna mais verde e os dias se tornam mais longos até não haver pôr-do-sol... Apenas as intermináveis noites brancas do verão no Ártico.

Akureyri, Islândia

Há uma semana de chuva prevista para Akureyri, a segunda cidade da Islândia, com temperaturas a rondar os dois dígitos.

"Claro que fica muito mais quente, acho que tivemos cerca de 26 graus no final de junho, mas nunca se pode depender do tempo", diz Ragnar Ragnarson do Visit Akureyri.

Na costa norte da Islândia, Akureyri fica numa das extremidades de um fiorde que acaba por se abrir para as águas geladas do Oceano Atlântico Norte e para a Gronelândia.

"Neste momento, estão cerca de 11 graus Celsius, muito calmo e sem vento. Está um tempo maravilhoso", disse Ragnarson à Euronews.

A Islândia já é um destino muito popular para os turistas no verão, onde mais de 2,5 milhões de visitantes ultrapassam a população local de apenas 372.000 habitantes.

A Islândia é uma ilha grande", diz Ragnarsson, que considera que ainda pode haver espaço para alguns turistas climáticos que queiram fugir ao calor extremo do sul da Europa.

Kirkwall, Escócia

As ilhas Orkney e Shetland, espalhadas pelo mar ao largo da costa norte da Escócia, oferecem paisagens espetaculares e temperaturas agradáveis e frescas durante o verão - pelo menos em comparação com os países que sufocam com as ondas de calor de Charon e Cerberus.

"O tempo lá fora, à janela, está bastante claro, mas ainda um pouco nublado", explica Charlie, do escritório do Visit Scotland em Kirkwall, a capital de Orkney.

"Não é um azul brilhante, é um pouco cinzento, embora não tenhamos chuva neste momento", diz à Euronews.

As temperaturas para Orkney durante a próxima semana oscilam entre os 10 e os 20 e poucos graus, com aguaceiros dispersos e apenas um vislumbre de sol.

"Tem estado a chuviscar nos últimos dias, tivemos alguns aguaceiros durante uma ou duas horas há alguns dias, mas a maior parte do tempo tem sido bastante agradável", diz Charlie.

As perspetivas são semelhantes para Lerwick, a principal cidade de Shetland, onde há uma previsão constante de chuva durante a próxima semana e apenas uma hipótese de sol no domingo.

PUBLICIDADE

Jokkmokk, Suécia

No coração da Lapónia sueca, Jokkmokk pode ser imprevisível.

"Hoje está um pouco mais fresco lá fora, mas as temperaturas oscilam entre os 15 e os 25 graus", diz Ellen do Infocentro de Jokkmokk.

"Normalmente, temos algumas semanas no verão em que as temperaturas chegam aos 35 graus e depois descem novamente para os 5 graus", diz à Euronews.

Com as vantagens do sol da meia-noite e das vastas áreas de floresta que rodeiam a cidade, os visitantes desta semana vão ter uma surpresa: a previsão é de chuva para os próximos dez dias e as temperaturas variam entre os 12°C e os 18°C.

No início de maio ainda pode haver gelo e neve a cobrir os lagos da Lapónia sueca, mas algumas semanas mais tarde, no Solstício de verão, as flores silvestres estão em plena floração e os mosquitos também estão em força!

PUBLICIDADE
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estados Unidos pensam em "bloquear sol" para arrefecer Terra

Porque está tanto calor na Europa?

"Tínhamos esperança": Ativistas do clima partilham opiniões sobre os últimos 5 anos de política europeia