EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Mais de 50 baleias-piloto morreram na Austrália - voluntários correm para salvar as restantes

Mais de 50 baleias morreram depois de encalharem na praia de Cheynes, na Austrália Ocidental.
Mais de 50 baleias morreram depois de encalharem na praia de Cheynes, na Austrália Ocidental. Direitos de autor AFP/ WESTERN AUSTRALIA DEPARTMENT OF BIODIVERSITY, CONSERVATIONA AND ATTRACTION
Direitos de autor AFP/ WESTERN AUSTRALIA DEPARTMENT OF BIODIVERSITY, CONSERVATIONA AND ATTRACTION
De  Joanna AdhemAFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A razão por detrás do desastre é desconhecida mas as baleias-piloto têm uma natureza social que as pode levar a seguir os seus companheiros de grupo em direção ao perigo.

PUBLICIDADE

Um trágico incidente ocorreu na Austrália Ocidental, com mais de 50 baleias-piloto a morrerem depois de terem ficado encalhadas numa praia perto de Albany.

Especialistas do Serviço de Parques e Vida Selvagem do estado juntaram-se a voluntários que trabalharam durante a noite, enfrentando temperaturas frias para monitorizar as baleias.

O serviço confirmou na manhã de quarta-feira que 51 dos animais tinham morrido.

Com a esperança de salvar as restantes 46 baleias, o Serviço de Parques e Vida Selvagem está a colaborar com voluntários para as guiar de volta a águas mais profundas.

Os voluntários, vestidos com fatos de mergulho, foram vistos a ajudar diligentemente as baleias em dificuldades na praia, hoje de manhã.

Um porta-voz do Serviço de Parques e Vida Selvagem disse que tinha sido "inundado por centenas de ofertas de ajuda". Atualmente, o número de voluntários é suficiente e o público foi aconselhado a manter-se afastado da praia por razões de segurança.

"A prioridade da equipa de gestão de incidentes é garantir a segurança do pessoal e dos voluntários e o bem-estar das baleias", acrescentou.

"A zona de resposta tem uma série de perigos, incluindo baleias grandes, em sofrimento e potencialmente doentes, tubarões, ondas, maquinaria pesada e embarcações."

Porque é que as baleias encalham?

Os encalhes em massa de baleias-piloto não são invulgares na Austrália e na Nova Zelândia.

Em outubro passado, cerca de 500 baleias-piloto morreram quando encalharam nas remotas Ilhas Chatham, na Nova Zelândia.

Os cientistas não compreendem totalmente a razão destes encalhes em massa.
Uma possibilidade é que a natureza altamente sociável das baleias-piloto as leve a seguir os seus companheiros de grupo que se possam aventurar em águas perigosas.

Bec Wellard, cientista de mamíferos marinhos do Projeto Orca, disse que ainda não se sabe ao certo as razões dos encalhes de baleias: "Ainda não sabemos porquê - se soubéssemos, talvez pudéssemos fazer mais para o evitar", disse à AFP.

Wellard acrescentou que, se a saúde das baleias sobreviventes estiver comprometida, é necessário avaliar se os esforços para as recolocar à tona "podem estar apenas a prolongar o seu sofrimento".

Veja o vídeo acima para saber mais sobre o encalhe em massa de baleias-piloto.

Editor de vídeo • Joanna Adhem

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dezenas de baleias-piloto morrem encalhadas numa praia na Austrália

Foram sepultadas as sete baleias mortas encontrada no Chipre

Cerca de 500 baleias-piloto encalham numa semana em praias da Nova Zelândia