EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Deutschlandticket: bilhete alemão de 49 euros faz aumentar em 25% o número de passageiros nos serviços ferroviários locais

Comboios locais de Frankfurt am Main, Hesse, Alemanha.
Comboios locais de Frankfurt am Main, Hesse, Alemanha. Direitos de autor IMAGO/Jochen Tack via Reuters Connect
Direitos de autor IMAGO/Jochen Tack via Reuters Connect
De  Euronews Green
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Transportes públicos baratos parecem ser uma solução evidente para ajudar a reduzir as emissões de CO2. O exemplo da Alemanha confirma-o com números sólidos.

PUBLICIDADE

Um projeto destinado a aumentar a utilização dos transportes públicos na Alemanha foi saudado como um "enorme sucesso."

Segundo Evelyn Palla, diretora-geral da DB Regio, o "Deutschlandticket", que custa 49 euros por mês, levou a um aumento de 25% do número de passageiros nos serviços regionais da empresa ferroviária Deutsche Bahn.

Lançado em maio, o "D-Ticket" permite aos passageiros apanhar tantos autocarros e comboios locais ou regionais em todo o país quanto for necessário. Inclui a popular rede de S-Bahn de Berlim.

Comparando o número de passageiros com o mês de abril, o Deutschlandticket é "já um grande sucesso", disse Palla ao jornal alemão RedaktionsNetzwerk Deutschland (RND).

Em declarações à agência noticiosa alemã DPA, o ministro alemão dos Transportes, Volker Wissing, também descreveu o bilhete como "realmente um enorme sucesso."

Como é que o Deutschlandticket mudou os hábitos de viagem das pessoas?

IMAGO/Wolfgang Maria Weber/REUTERS
Comboio expresso regional em Berlim.IMAGO/Wolfgang Maria Weber/REUTERS

Desde 1 de maio, os registos da Deutsche Bahn mostram que os alemães estão a usar o D-Ticket para viajar "distâncias significativamente mais longas."

Durante o verão, as rotas para a costa e para as montanhas são particularmente populares. Isto sugere que o sistema está a permitir que as pessoas tomem decisões de viagem mais sustentáveis nas suas férias.

No entanto, como reconhece Palla, este fluxo sazonal também explica em parte o recente aumento do número de viagens.

"O facto de os comboios estarem mais cheios em maio e junho do que em abril também se deve aos feriados e à época de férias", afirma.

"Os pouco menos de três meses em que dispomos do Deutschlandticket ainda não são suficientes para traçar um quadro exato."

No entanto, os números mostram uma tendência promissora. Em menos de três meses desde a sua introdução, os transportes públicos locais (ÖPNV) registaram quase um milhão de novos clientes, salienta Wissing.

"E aumentámos o número de assinantes que estão firmemente comprometidos com os transportes públicos. Isto significa que não se trata apenas de uma utilização ocasional, mas de uma utilização quotidiana."

A procura do bilhete continua a ser elevada. De acordo com a Associação das Empresas de Transportes Alemãs (VDV), 9,6 milhões de passageiros utilizaram a assinatura do D-Ticket até 20 de junho.

O bilhete de 49 euros da Alemanha vai manter-se?

Em algumas regiões, "as pessoas estavam a viajar tanto como no verão dos nove euros", disse Palla à RND.

No verão de nove euros, que decorreu de junho a agosto do ano passado, foram vendidos 52 milhões de bilhetes e evitadas cerca de 1,8 milhões de toneladas de emissões de CO2.

PUBLICIDADE

Embora tenha sido incrivelmente popular, com benefícios climáticos significativos, o passe ultrabarato custou demasiado ao Estado para ser prolongado.

Há um ponto de interrogação sobre a duração do passe de 49 euros deste ano, com os patrões dos transportes a avisarem, em maio, que também poderá ser insustentável.

Mas Wissing tem esperança. Quanto maior for o número de subscritores, mais barato será o Deutschlandticket a longo prazo.

"É por isso que temos de garantir que o maior número possível de pessoas utiliza o bilhete de forma permanente."

PUBLICIDADE

Eis como funciona o bilhete mensal de 49 euros para todos os transportes públicos da Alemanha e onde é válido.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Produção de cereais em França afetada pelas alterações climáticas

Novo governo britânico levanta proibição da energia eólica em terra

Quem é Marine Tondelier? Conheça a líder dos Verdes que inspirou a França a votar contra a extrema-direita