EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Hospital para tartarugas marinhas salva dezenas de vidas

Em parceria com The European Commission
Hospital para tartarugas marinhas salva dezenas de vidas
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Denis Loctiereuronews
Publicado a
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Grécia, um hospital para tartarugas marinhas cuida de dezenas de vítimas para ajudá-las a voltar ao mar.

Em Glyfada, perto de Atenas, a euronews visitou o hospital da Archelon. O Centro de Resgate de Tartarugas Marinhas acolhe animais feridos e doentes de toda a Grécia.

"O centro de salvamento de tartarugas marinhas da Archelon começou a funcionar em 1994 e, desde então, recebemos tartarugas marinhas feridas de toda a Grécia. É uma operação completa: a partir do momento em que um animal é encontrado doente ou ferido, há muitos cidadãos envolvidos que nos informam. A Guarda Costeira local também se envolve para ajudar a transportar o animal até Atenas", contou à euronews Eirini Kasimati, responsável pela Rede de Resgate e Reabilitação da Archelon.

O objetivo final é devolver as tartarugas ao mar

Quando o animal chega finalmente ao Centro de Resgate, o processo de reabilitação é longo, na maior parte das vezes. Depende do tipo de lesão e do estado em o animal se encontra. Basicamente, estamos a certificar-nos de que eles ficam bem o mais rapidamente possível. E o objetivo é, obviamente, libertá-los, deixá-los regressar à natureza, ao mar", frisou Eirini Kasimati.

Toda a gente pode ajudar as tartarugas

"O Centro de Resgate está aberto ao público todos os dias e a entrada é gratuita. Qualquer pessoa que queira ver o nosso trabalho, aprender coisas sobre as tartarugas marinhas e sobre o nosso trabalho pode visitar-nos. Isto é muito importante porque podemos aumentar a tomada de consciência das pessoas. Podemos informar as pessoas sobre as ameaças que as tartarugas marinhas enfrentam na natureza e ensinar-lhes todas as coisas que cada um de nós pode fazer para ajudar as tartarugas marinhas. Também incentivamos as pessoas a ajudar a proteger o ambiente em geral. Cada pequena ação que ajuda as tartarugas marinhas pode ajudar o ambiente, o que é muito importante", acrescentou a responsável.

Partilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Vulcão em erupção nas ilhas Galápagos ameaça última sobrevivente de espécie de tartaruga gigante

Operação conjunta inovadora entre três agências europeias na área marítima

Gestão do lixo plástico na Europa melhora mas a produção de plástico continua a aumentar