EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Volkswagen: Comissão Europeia pede explicações à construtora alemã

Volkswagen: Comissão Europeia pede explicações à construtora alemã
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Com mais de 8 milhões de veículos afetados vendidos na Europa, a Volkswagen enfrenta pressões crescentes para compensar os clientes lesados no âmbito

PUBLICIDADE

Com mais de 8 milhões de veículos afetados vendidos na Europa, a Volkswagen enfrenta pressões crescentes para compensar os clientes lesados no âmbito do escândalo de manipulação de testes de emissões poluentes.

Esta quinta-feira, o diretor-executivo da construtora alemã reuniu-se, em Bruxelas, com a comissária responsável pela pasta do Mercado Interno, Indústria, Empreendedorismo e PME, Elżbieta Bieńkowska. A porta-voz da comissária, Lucia Caudet, deu conta das prioridades: “É necessário ter um retrato completo do número de veículos e de modelos afetados. Em segundo lugar, uma atualização sobre as medidas de correção planeadas pela Volkswagen. Em terceiro, uma questão que é cara à comissária Bieńkowska: a necessidade dos consumidores europeus serem compensados de forma justa.”

Bruxelas quer que a Volkswagen pague as mesmas indemnizações na Europa e nos Estados Unidos, epicentro do escândalo.

De acordo com algumas fontes, a Comissão Europeia contempla a possibilidade de poder vir a examinar os reguladores nacionais que avaliam a segurança e o desempenho ambiental dos veículos. Na prática, o executivo comunitário poderá exigir provas adicionais a veículos suspeitos ou para aplicar sanções.

A nova comissão de inquérito sobre as emissões no setor automóvel foi aprovada esta quinta-feira no Parlamento Europeu. Inclui dois eurodeputados portugueses. Entre outras coisas, vão analisar-se dados para perceber se a Comissão e os países europeus tinham provas da utilização de mecanismos manipuladores antes de soarem os alarmes do outro lado do Atlântico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cruz do século XIX volta ao telhado da Catedral de Notre Dame em Paris

Cerca de 200 detenções em protestos contra a “lei russa” na Geórgia

Suspeita-se que o Hamas esteja a planear atentados na Alemanha