EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Breves de Bruxelas": o horror sem fim na Síria

"Breves de Bruxelas": o horror sem fim na Síria
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

No dia em que vários membros da comunidade internacional se reuniam, em Bruxelas, para discutir o pós-conflito na Síria, foi revelado mais um alegado crime de guerra, na forma de ataque com armas quím

PUBLICIDADE

No dia em que vários membros da comunidade internacional se reuniam, em Bruxelas, para discutir o pós-conflito na Síria, foi revelado mais um alegado crime de guerra, na forma de ataque com armas químicas, em Idlib.

O enviado das Nações Unidas para a Síria, Staffan de Mistura, disse que se tratou de um ataque aéreo, acrescentando que o Conselho de Segurança da ONU se reunirá para apurar responsabilidades.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, ainda, o lento progresso no programa de recolocação de refugiados da União Europeia, que apenas abrangeu 10% das 160 mil pessoas previstas.

É o caso de uma família de Daara, que agora está no Luxemburgo, e que foi entrevistada pelo correspondente da euronews, Sandor Sziros.

Para terminar, recordamos que o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, estará na Grécia, quarta-feira, para discutir a migração, a cooperação com a Turquia e a economia com os chefes de Estado e de governo gregos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Como é que Itália vê a abertura de Ursula von der Leyen para cooperar com Meloni?

António Costa já foi ouvido pelo Ministério Público na Operação Influencer

Borrell: UE enfrenta uma escolha "difícil" entre o apoio ao Estado de direito e o apoio a Israel