"Breves de Bruxelas": Hungria examinada "à lupa"

"Breves de Bruxelas": Hungria examinada "à lupa"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Continua o braço-de-ferro entre a União Europeia (EU) e a Hungria, tema que abre este programa que passa em revista a atualidade europeia diária.

PUBLICIDADE

Continua o braço-de-ferro entre a União Europeia (EU) e a Hungria, tema que abre este programa que passa em revista a atualidade europeia diária.

A Comissão Europeia deverá dizer, quarta-feira, o que pensa sobre várias leis controversas adotadas na Hungria. No mesmo dia, o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, vai ao Parlamento Europeu, para explicar as suas políticas.

O governo de Budapeste tem sido fortemente criticado por causa da detenção sistemática de migrantes e, também, por querer obrigar as organizações não-governamentais a declararem financiamentos estrangeiros.

O primeiro-ministro húngaro também terá que explicar a sua reforma do Ensino Superior, já que a nova lei poderá levar ao encerramento da Universidade da Europa Central, em Budapeste.

As plataformas de publicação de vídeos tais como o YouTube e o Vimeo deverão tomar medidas para evitar a disseminação de discursos de ódio ou de incitamento à violência.

O pedido é feito num um texto aprovado pela Comissão de Cultura do Parlamento Europeu. Os eurodeputados querem que estas plataformas desenvolvam sistemas que permitam aos cidadãos denunciarem, rapidamente, conteúdos ilegais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

UE quer alargar as sanções contra o Irão na sequência do ataque a Israel

Prémio LUX do Público entregue ao filme "A sala dos professores"

Polícia de Bruxelas tenta evitar conferência populista de direita onde estava Orbán