This content is not available in your region

Eurodeputados invadem base militar aérea na Bélgica

Access to the comments Comentários
De  Isabel Marques da Silva
euronews_icons_loading
Eurodeputados invadem base militar aérea na Bélgica

Três eurodeputados ecologistas fizeram parte de um grupo de ativistas que invadirem uma base aérea militar belga para protestar contra o armazenamento de bombas nucleares norte-americanas.

A ação, esta quarta-feira, em Kleine Brogel, no leste da Bélgica, visava defender uma Europa sem armas nucleares, na sequência da suspensão de um tratado histórico entre EUA e Rússia.

Michèle Rivasi (França), Molly Scott Cato (Reino Unido) et Tilly Metz (Luxemburgo) juntaram-se aos ativistas da organização não-governamental Agir pela Paz, exigindo a retirada das armas nucleares dos EUA "armazenadas ilegalmente" na Bélgica e no resto da Europa.

Outras reivindicações são a ratificação da Tratado sobre Armas Nucleares de 2017 por todos os Estados-membros da União Europeia e a criação de uma zona livre de armas nucleares para a Europa.