Líderes europeus preparam última cimeira do ano

Líderes europeus preparam última cimeira do ano
De  Joao Duarte FerreiraJoão Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Brexit, clima e orçamento comunitário são alguns dos tópicos na agenda

PUBLICIDADE

O Natal está ao virar da esquina e em Bruxelas os líderes europeus preparam-se para a cimeira desta quinta e sexta-feiras, a última vez que se reúnem este ano.

Na agenda estão várias questões por completar como é o caso do Brexit e do orçamento do bloco e, claro, as políticas em prol do clima que para os cidadãos europeus se trata da prioridade mais importante, a julgar pelas sondagens mais recentes.

Espera-se que os estados-membros se comprometam num plano a fim de atingirem a neutralidade carbónica até 2050, provavelmente depois de duras conversações.

E mesmo países como a Hungria levam esta questão a sério.

"Para nós, isto não é um jogo, é um assunto sério. Precisamos de um plano claro, uma agenda com todos os detalhes técnicos e financeiros de como a UE vai alcançar a neutralidade carbónica", afirma Péter Szijjártó, chefe da diplomacia húngara.

Pressionados por uma vaga de manifestações este ano a favor de uma política do clima mais ativa, no mínimo os líderes comprometeram-se a levar esta questão a sério.

Mas os críticos não acham que a União Europeia está a agir com a urgência necessária.

"Espero que a UE chegue a acordo sobre esta questão da neutralidade climática que essencialmente consiste em cortar todas as emissões. Mas o que nós queremos e precisamos é que olhem para os dados científicos. Se escutarmos os jovens nas ruas, o que precisamos é de ação urgente para enfrentar a emergência climática. Que medidas é que podem tomar agora que estão no poder e não em 2050?", interroga Mark Breddy, diretor de comunicações da Greenpeace.

Uma política do clima eficiente tem um preço elevado e os líderes europeus ainda não chegaram a acordo relativamente ao financiamento a longo prazo.

O Brexit veio complicar esta questão porque ninguém sabe durante quanto tempo é que os britânicos continuarão a contribuir para o orçamento comunitário.

Na cimeira os líderes europeus poderão antever problemas futuros pois irão acompanhar de perto o resultado das eleições britânicas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Começam as discussões na cimeira da NATO

Nicolas Schmit nomeado cabeça de lista pelos socialistas para as eleições europeias

Euronews em força nas eleições europeias que vão marcar uma era