This content is not available in your region

Preço da reconstrução da Ucrânia pode eclipsar o Plano Marshall

Access to the comments Comentários
De  Jorge Liboreiro
Parceiros internacionais esforçam-se para canalizar fundos para o país devastado pela guerra
Parceiros internacionais esforçam-se para canalizar fundos para o país devastado pela guerra   -   Direitos de autor  Evgeniy Maloletka/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

A economia da Ucrânia está a entrar em colapso por causa do impacto da invasão da Rússia.

Um relatório recente da Escola de Economia de Kiev revelou que as perdas diretas e indiretas por causa da guerra variam entre 534 e 598 mil milhões de euros. Os números podem agravar-se à medida que o conflito se arrasta.

Em comparação, o Plano Marshall, liderado pelos EUA, e que tirou a Europa Ocidental da devastação após a Segunda Guerra Mundial tinha um preço original de mais de 12 mil milhões de euros, equivalente a mais de 146 mil milhões de euros a preços correntes.

Com os danos a aumentar em todo o país, o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy está a pedir aos países ocidentais que forneçam ao governo mais de quatro mil milhões de euros por mês para pagar serviços essenciais e manter a economia do país à tona.

Todas as atenções estão voltadas para Bruxelas, onde um fundo de recuperação está em andamento. Mas a União Europeia não pode pagar a conta sozinha.

Veja o vídeo acima para conhecer mais detalhes sobre o processo para a reconstrução da Ucrânia no pós-guerra.