EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Francesco Giorgi deixa prisão com pulseira eletrónica

Francesco Giorgi deixa prisão com pulseira eletrónica
Francesco Giorgi deixa prisão com pulseira eletrónica Direitos de autor AFP PHOTO /EUROKINISSI
Direitos de autor AFP PHOTO /EUROKINISSI
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Antigo assistente no Parlamento Europeu é companheiro da eurodeputada Eva Kaili, detida no âmbito do escândalo de corrupção no Parlamento Europeu

PUBLICIDADE

A justiça belga ordenou a saída da prisão de Francesco Giorgi mas o companheiro de Eva Kaili irá continuar com os movimentos limitados por uma pulseira eletrónica.

O antigo assistente do eurodeputado italiano Pier Antonio Panzeri apresentou-se esta quinta-feira no tribunal de primeira instância de Bruxelas e viu a justiça belga alterar-lhe a modalidade de prisão preventiva, deixando de estar encarcerado e passando a ser controlado através de uma pulseira eletrónica.

Giorgio é um dos quatro implicados no caso conhecido como Qatargate, em torno de uma investigação a um caso de corrupção no Parlamento Europeu. Tal como a sua companheira Eva Kaili, Francesco Giorgio é acusado de aceitar subornos de Qatar e Marrocos.

Pier Antonio Panzeri e Nicolo Figa-Talamanca são os restantes implicados no caso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Diretor-geral dos Transportes na Comissão Europeia demitiu-se

Viagens de membros da Comissão Europeia vão ter regras mais estritas

126 milhões de euros em apoio militar para a Ucrânia ainda este ano, promete Portugal